O lado cômico da maternidade

Tudo o que você precisa saber sobre os animais da Australia

8 Comentários

Querido Nic,

Você não imagina o quanto de animal cabuloso existe no país onde você nasceu… A coleção de bichinhos de pelúcia que tentamos fazer pra você não representa nem de longe a variedade e cabulosice.

Caso você esteja curioso, vou te falar os que eu tô lembrando agora (pena que a minha memória não é das melhores), da minha e da sua experiência com alguns deles. Ah! e aproveita a chance de conhecer alguns adjetivos bem úteis pro dia-a-dia, viu meu bem?

Por aqui tem: crocodilo bizonto-de-água-salgada, cobras mutantes, formigas bizarras, aranhas surreais, tubarões sinistros, moscas irritantes e até medusas e polvos venenosos. Um horror, meu bem, principalmente pra quem tem criança, como a gente.

Imagina, que na nossa última semana em Kalgoorlie (onde você nasceu) eu tava arrancando uns matos no quintal – pra entregar a casa em bom estado, sabe – e você queria ficar andando e brincando com terra, como qualquer criança da sua idade. Daí sem eu ver, você foi picado por algumas formigas. As bizarras. Ou quem sabe as bizarrinhas, pois não foi tão grave assim. Mas que deu um susto na gente, isso deu.

Também foi aqui que me deparei com os dois bichos mais tenebrosos, asqueirosos e nojentos da face da Terra: as baratas gigantes e voadoras e o grilo-barata (o nome do segundo você não vai encontrar por aí, porque fui eu quem inventei, mas caracteriza com exatidão a aparencia do bicho, viu?).

Querido, pra você ter uma idéia do meu pavor por esses bichos, eu não mato eles nem com spray. Só corro e grito. Tenho horror completo! E você ainda acredita que nessa viagem que estamos fazendo pela Australia, até fita adesiva eu tenho carregado pra tampar todos os ralos do quarto de hotel? Tá sentindo o drama, né meu filho? Pois é, te prepara que no futuro você vai ajudar a proteger a mamãe, viu?

Bom, e por fim, claro que a Australia também tem aqueles animais super badalados, que a gente só encontra aqui mesmo e nem precisam de adjetivo nem nada, já que o próprio nome unique já basta né? São os ornitorrincos, wombats, dingos, coalas, cangurus (até mesmo albinos!) e o demônio da Tasmânia. Tem mais um outro, que seu pai falou ali agora, mas não me arrisco a escrever o nome.

E como você, que sempre gostou dos animais e agora tá nessa idade linda de querer saber e repetir o nome de tudo (amanhã você completa 1 ano e meio!), temos nos esforçado pra promover seu encontro com os tipos mais fofinhos da lista acima. Afinal o contato com a natureza só faz bem, né meu querido?

E apesar dos encontros não estarem saindo exatamente como planejado, acho que o saldo final tem sido bem positivo…

1. Os que a gente mais tem vontade de ver e apertar, mas nunca demos sorte, são os coalas. Foi no zoológico de Perth, no ano passado, quando chegamos mais perto de vê-los – e olha que estavam dormindo e virados de costas… Durante esta viagem atual, sempre vemos placas sinalizando a possivel presença de coalas nas árvores. Meu pescoço anda duro de tanto olhar pra cima, meu bem, mas até hoje não vi nada (e saiba que ao contrário da minha memória, minha visão é privilegiada, viu?).

2. Já canguru é bicho que se vê em to-da parte, Nic, principalmente morto nas estradas… A gente morou por dois anos em frente ao bush, cheio de cangurus e você nunca deu muita bola (o que é compreensível pois eles ficavam lá lonjão). Então outro dia a gente ficou numa pousada bem bacana no Halls Gap, onde tinha um tanto deles.

 E você foi indo ao encontro deles….

Indo…

Indo…

Até que…  saída pela direita… Lá foi você atrás do carro estacionado lá longe falando “carro, carro, óda, óda” (óda é roda, viu meu bem, mas carro você já falava direitinho). Aaah… essa sua obsessão por carros…

3. E por fim, tentamos o demônio da Tasmânia, que apesar de feio, dizem que é um animal bem bobinho e sem grandes habilidades.

Mas, a experiência foi psicodélica demais, meu bem. Não dá pra te culpar por ter ficado assustado e até chorado no final das contas quando entrou naquela bolha surreal pra observar aquele animalzinho esquisito de perto.

Dá uma sensação claustrofóbica, né?

Então papai saiu com você rapidinho pelo túnel não menos surreal…

E então, tudo ficou bem de novo!

 A viagem pela Austrália aos poucos chega ao final, mas ainda tenho esperança de que vamos encontrar e apertar bastante um coala, meu bem!!! Vamos sim! Depois te conto.

Mamãe

About these ads

8 thoughts on “Tudo o que você precisa saber sobre os animais da Australia

  1. Nic, mamãe é mestra em nos deixar com água na boca! Que inveja de suas experiências, e olha que vc ainda nem é tão grandinho!!!!!!!!!!
    bjocas

  2. hahahaha! Otimo post, muito engraçado… e surreal! :)

    Tb tenho pavor a baratas e faco de tudo pra evitar o encontro com uma delas: mania de limpeza, veneninhos nos pontos estrategicos e tambem tenho mania de tampar os ralos (os nossos têm aquele negocio de fechar os buraquinhos, que vc gira). Menina, ficaria louca na Australia entao… gigantes e voadoras? Ai!

    Fiquei boba com essa bolha pra ver o demonio da tasmania, Lu! Que negocio eh esse? Um barato, hein?

    Grande beijo!

  3. Nossa Lu, ja tinha um tempo que nao passava por aqui (correria de emprego novo, criancas na escola). To boba como tanta coisa tem acontecido por ai! Que viagem maravilhosa essa!!!! E que bom que têm aproveitando tanta oportunidades de contato com a natureza! O Nic com certeza deve estar adorando… Tambem vi as fotos de Melbourne e tambem fiquei assim ó: babando de vontade! Que cidade chique hein? Deve ser otima pra fazer umas compritchas! rsrsrs

    Beijos Lu e to aqui acompanhando vcs nessa aventura!

  4. Antes de qualquer coisa, obrigada pelo recadinho lá no blog, viu? Muito carinhoso! Tenho certeza que vou sentir saudades desta fase que ele tá agora, então tenho que aproveitar mesmo!

    Agora que lugar legal este pra ver o demônio da Tazmânia hein? Se o bicho chegar perto da bolha é praticamente uma acareação!
    Eu vi um coala uma vez num zoológico nos EUA e ele era tão fofinho, tão lindo e tava tão quieto dormindo que eu tive certeza que era de pelúcia… hahaha. Só fui acreditar que não era, porque na segunda vez que eu vi, ele tava acordado!

    Vocês estão se mudando da Austrália ou só de cidade?
    Bjocas

    • Ei Fabiana! Pois é… a cara do demonio da Tasmania nao é nada bonita de se ver… rs

      A gente ta se mudando da Australia mesmo, estamos indo pro Canada. Mas antes de sair, resolvemos aproveitar o periodo entre empregos pra viajar e conhecer mais a Australia. E tem sido otimo!

      Beijos e obrigada pela visita!

  5. Pingback: Melhores momentos do Nic… « Nicolando por aí

  6. Oi Lu
    adorei as fotos e todas as coisas qu v vc levantou acerca de uma viagem!!
    eita gente organizada!!
    Recebi o cartão AMEIIIIIIIIIIII!!
    Obrigada
    se der com certeza daremos um pulinho até Vancouver ( que cidade linda!)
    por favor me mandem o endereço de vcs.
    bjs

  7. Pingback: Vi monstro, escrevi livro, virei travesseiro, mas queria mesmo era ser o Mussum |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 533 outros seguidores