O lado cômico da maternidade

Cuidado, o Universo talvez não saiba soletrar!

24 Comentários

Já ouviu falar naquela frase “cuidado com o que você deseja, pois o Universo certamente conspirará a seu favor?”. Pois então esteja segura de que você soletrou muito bem todas as letras do seu sonho, meu bem, pois surpresas podem acontecer.

Eu aqui tinha como maior sonho um DESFRALDE de novela. Sonhava assim, com os olhos brilhantes perdidos no horizonte, imaginando o dia que meu amado filho dormiria num dia usando fraldas e acordaria no outro com nojo delas, dando real valor aos históricos aparelhos porcelânicos.

No entanto, depois de tantos meses levando esse olhar perdidamente sonhador, passei a considerar que o Universo talvez nunca tenha me levado muito a sério, já que ele mais parecia conspirar contra mim do que a favor. Então como forma de me proteger parei de sonhar e entrei na fase de resignação, pura e plena. Tá bom, não vamos exagerar. Entrei numa de aceitar que, com ou sem o Universo (ou apesar dele), Nicolas não estivesse pronto pro desfralde e ponto.

* * *

O que me deu suporte pra largar de mão da crença na badalada conspiração cósmica, foi a análise precisa da professora do Nicolas. Ela muito bem concluiu que ele, apesar de muito maduro em certos aspectos, ainda conserva resquícios de bebê:  chora fácil por motivos simples, adora colocar coisas na boca (“Nicolas, tinta é pra pintar, não pra comer!”, ela tem que repetir mil vezes) e ainda fala muita coisa em terceira pessoa.

- Nicolas não usa mais fralda – agora diz ele todo feliz.

E é verdade. Do ponto de vista prático, fralda agora só pra dormir. No entanto, é triste constatar, que cuecas pra ele não passam de fraldas mais despojadas que deixam escapar tudo pelas pernas. Mais triste ainda é notar que ele se incomode lhufas com isso, e que se eu deixar, ele brinca numa pocilga fedorenta e molhada all day long. Eu fiquei semanas esperando ele se rebelar com a situação (levantar, sacodir o xixi e dar a volta por cima) mas NADA mudou.

Isso me deu muito o que pensar.

* * *

Outra coisa estranha (que antes pensei que não tivesse nenhuma conexão direta com o contexto desfraldante, mas hoje percebo que talvez seja mais uma peça de todo o intrínseco e complexo emaranhado cósmico), é que Nic desenvolveu uma estratégia bizarra pra se esquivar das minhas perguntas de fralda-justa:

- Nicolas, que cheiro é esse? Você fez cocô na cueca outra vez?

- Carro – ele diz.

Gente, pelo amor de Deus, que resposta é essa? Carro??? Tá dando pra perceber a gravidade do problema?

E o mesmo vale pra outras perguntas pras quais ele quer fugir da resposta. Quem fez essa bagunça aqui? Carro. Porque meu celular tá travado e todo sujo de comida? Carro. Porque você não comeu o pão que tanto pediu? Carro. E por aí vai. Coisa de louco.

* * *

Então um dia a minha ficha caiu: meu Deus, o Universo conspirou sim, mas foi pra um desFRAUDE, não um desFRALDE!

Tá percebendo a diferença?

des.fral.de -  suspensão do uso de fraldas decorrente da maturidade biológica da  criança que a permite usar o vaso sanitário (ou penico) para deposição de seus dejetos fisiológicos, ao invés das fraldas. 

Exemplo: Nicolas está pronto pra desfraldar.

des.frau.de  -  suspensão do uso de fraldas pela criança, a qual continua no entanto, usando a roupa de baixo como depositário para seus dejetos fisiológicos. Mesmo que: enganação, embuste, desfralde fajuto.

Exemplo: Nicolas desfraudou com sucesso!

 * * *

Conclusão: Sr. Universo deu aí uma de João-sem-braço, conspirou pelo caminho mais rápido da realização do meu sonho e me entregou o Nicolas SEM FRALDAS, porém nadando na pocilga.

Diabolicamente sagaz, não acham? Ou então, burro pra caramba pois não sabe nem soletrar uma palavra!

Era DESFRALLLLLLDE, viu Seu Universo?

E além de tudo, ainda parece ter programado meu filho pra NUNCA admitir que tenha feito xixi ou cocô nas calças,  mas sim, pra dizer a primeira palavra que lhe ocorresse. CARRO, obviamente.

* * *

Obvio também, que se esse DESFRALDE não acontecer logo, Lily vai ganhar uma mãe ainda mais louca que já ficou, né?

* * *

Bom, mas depois de toda essa saga cósmica, eu e o Rafa conversando:

- Amor, Nic não vai desfraldar nunca… Olha ali, que tristeza! Todo feliz em sua propria imundice! Tá parecendo um mosquitinho na bos…

- Que isso, Lu, não vamos ser pessimistas… Olha o quanto que ele avançou desde que nasceu!

:(

 * * *

É, acho que só me resta continuar sonhando… e com todas as letrinhas beeeem especificadinhas. Just in case.

About these ads

24 comentários sobre “Cuidado, o Universo talvez não saiba soletrar!

  1. Ai, Lu, morri de rir!
    Sabe que o desfralde por aqui ainda nem deu as caras, né? E o Pedro tá aí, quase à porta!
    Minha idéia era desfraldar em novembro…novembro veio, novembro tá indo e nem eu nem a íSIS damos sinais de querermos o desfralde…
    Agora minha meta é dezembro…vamos ver…
    Mas ó, lendo sua descrição do comportamento do Lucas eu vejo a Ísis…ela não se importa com o coco da fralda, nem com xixi escorrendo pelas pernas…será que isso é um sinal de que ela ainda não está pronta? Eu entendo que sim…e vou adiando…
    Acho que em janeiro farei com a Lia…uma linha de montagem na hora da troca, sem estresse!
    Beijos!
    Nine

  2. Lu, querida! Quanto tempo não passo por aqui para deixar um comentário! Mas tenho acompanhado tudo que se passa no cantinho do Nic pelo email pois recebo todos os posts! ADORO lê-los! Bom, então com já vai tempo desde o último comentário, vamos lá: fiquei super feliz com a notícia de que teremos uma Indiana Kaitlyn oooooooooops… Lily! Posso até parecer tendenciosa pelo fato que o mistério foi revelado, mas sempre tive a sensação que seria uma florzinha. Olha que a Taís pode confirmar as minhas previsões acertadas! rsrsrsrsr . Já o meu amiguinho desfraudado da parada, Mr. Nick…. vou te contar uma historinha… Sabe que o meu irmão passou pela mesma epopéia? É sério Lu! Não tinha pudor nenhum! Quantas vezes presenciei meus pais correndo por shoppings, restaurantes e outros lugares parecidos segurando o Daniel de longe, com as calças premiadas! Era um verdadeiro desespero! Teve até um episódio tragicômico que estávamos num jantar de família naquela famosa churrascaria de BH na década de 80 “O Laçador” e o Daniel resolveu se aliviar brincando no pátio de entrada da churrascaria. Como estava de short, o cocô desceu perna abaixo e ali ficou. Eu anunciei a tragédia para meus pais em altos brados (adorava fazer isso! rsrsrs) e eles imediatamente correram com ele para o banheiro (minha mãe já andava com as mudinhas de roupa providenciais na bolsa). Só um pequeno problema, ninguém deu atenção para a prova do crime que ali ficou, triunfante na entrada do restaurante. E não é que minutos depois chega uma noiva (com vestido, véu e tudo mais) escoltada pelos familiares em festa pelo recente matrimônio e, em fila indiana, foram passando e pisoteando o corpo estranho um a um e adentrando o restaurante????? Imagine o estrago!!!! Agora te conto os métodos nada ortodoxos de psicologia infantil de meus pais para sanarem o problema de vez… Meses depois do ocorrido do Laçador (Daniel também já tinha completado seus 3 anos) fomos passar férias em Vila Velha e ficamos hospedados em um hotel. Daniel estava empolgadíssimo, achando aquilo o máximo e comentou com minha mãe: nossa, que lugar legal! Tem garçon para tudo aqui!! (Se referindo ao pessoal de recepção, carregadores de mala, etc do hotel), no que ela e meu pai tiveram a brilhante idéia… Chamaram ele num cantinho, apontaram para um dos funcionários do hotel e falaram: Tá vendo aquele garçon ali? Ele vigia todas as crianças do hotel. Aquelas que fazem cocô na calça ele põe para dormir lá na praia. Ele não deixa criança que faz cocô na calça dormir aqui no hotel. Menina…. um tanto aterrorizante, mas o fato é: nunca mais! O infame desfraude transformou-se num glorioso desfralde! Bom, não me julgue mal. Eu não sei se teria coragem de tomar medidas tão drásticas com um filho meu. O Nick encontrará a sua hora! Enquanto isso vamos todos torcendo por você para que não fique uma mamãe totalmente pirada cuidando das fraldas de Lily e Nic! Beijão e saudades! Tia Babá.

    • hahahahaha! To rindo alto com seu comentário, Barol! Olha, vou pensar seriamente em botar um pouco mais pressão nesse desfralde de araque do Nic, hein? Não vai rolar garçom, mas papai noel tá aí! (eu disse que to ficando louca!!!!!)

      Nine querida, pois estou torcendo pra que tudo evolua bem com o desfralde da Isis qdo vc decidir começar. Dizem que com menina é mais fácil, então quem sabe em dezembro ela já não esteja preparada, ne? Dedos cruzados!

      Beijos!!!

  3. Querida Lú,
    Juro pra você, ele irá se desfraldar!!!kkkk
    Porque assim aconteceu comigo, quando todas as minhas tentativas falharam, Asafe simplesmente tacou a fralda no lixo!!! Festa na família por esse feito tão inesperado. Mas sem querer te desanimar… peça ao universo com todas as letras pra ele não voltar a usa-las quando a Lily nascer, porque foi exatamente isso q a Mia fez quando o irmãozinho nasceu…kkk.
    Brincadeiras a parte, boa sorte, você está indo muito bem!!!
    Bjos
    Lili
    http://www.jeppimentinha.blogspot.com

    • Lili, que Deus, o Universo, Buda e tudo qto é santo te ouça! Aqui também já prometi festa se o desfralde de fato ocorrer antes da Lily nascer. :D

      Beijos!

  4. Lu, você é hilária! :D
    Qdo vc descobrir a fórmula de um desfralde bem sucedido, você compartilha? hahahahah

    Beijos

  5. Adoro os teus posts, eles são leves e fazem essas loucuras da maternidade virarem engraçadas!
    “Olhos brilhantes perdidos no horizonte” imaginei a cena direitinho!
    Bom, não tenho nem o que falar, cada um o seu desfralde e vai passar, como as outras fases. Uma hora o Nic vai fazer o passo adiante! E, como diz o pai dele, “olha o quanto ele avançou desde que nasceu!” (adorei! Comentário de pai desencanado!)
    Bjs
    @viagempimpolhos

  6. Ai, Lu, quando eu leio essas coisas me dá uma preguiça! rssss
    Clara está com 1a8m, e nós já começamos a falar no assunto por aqui. Ela fez um único cocô no vaso e se recusa a sentar nele novamente. Depois fez uns 4 dias seguidos no penico, um fofa, linda e tudo de bom. Depois começou a brincar de colocar todos os brinquedos pra fazer cocô no penico e ela mesma não faz mais de jeito nenhum. Mas uma coisa mudou radicalmente de uns poucos dias pra cá: antes ela fazia cocô na fralda e não queria limpar, dava um trabalho. Agora ela faz e fica andando abaixada, visivelmente incomodada e já pede: tocá falda! Acho que é uma luz no fim do tunel né.
    Tomara que o Nicolas engate no desfralde de vez e que a Lily já conheça um irmão mocinho sem fraldas.
    Beijos

  7. hahhahahaha, meo, que saga, Lu!
    vc sabe que o desfralde lá em casa FOI EFETIVAMENTE de novela, né?
    mas eu não vim aqui aqui pra jogar isso na sua cara, que eu não sou pessoa assim.
    força, amiga, força.
    no final o bem vence (?)
    beijos desfraldolentos n’ocê!

    • - Cintia, minha amiga, pode deixar que vou escrever um Manual do Desfralde se eu por acaso sair viva dessa saga fraudulenta! hahaha

      - Sut, muito obrigada! Mas é sempre melhor rir que chorar, né? E vamo que vamo! :D

      - Kelly, vc começou numa época boa. Tem gente que chama isso de pre-desfralde, que é quando a criança vai se tornando familiar com o processo todo. Eu acho que demorei pra começar e procrastinei muitas vezes ao longo do caminho… o que não quer dizer que a demora dele seja culpa minha. Hoje percebo que ele realmente não está pronto. Tô lutando pra aceitar isso e deixar o barco correr no seu ritmo. :D

      - Rô, lindona! Claro que eu sei que o Noah é astro principal da novela desfraldante! Ele e mais uma porção de outros sobrinhos virtuais… Então amiga, o negocio é ter força mesmo, sabe? E perseverar. Fazer o que mais, né? :D

      Beijos!

  8. Oi Lu, to meio sumida, parabens pela menininha que ja esta quase chegando. Eu n tenho filhos mas ja fui baby sitter de algumas fofurinhas e tive essa tarefa nada facil, Fiz um cartaz todo desenhado brilhante para chamar atencao e cada vez que o menininho pedia para fazer ele ganhava um adesivo e uma balinha ou uma bolinha de cereal colorido ele podia escolher a recompensa as vezes era ate uma cenourinha ou um pepininho quando o quadro fechava ele podia escolher fazer um passeio, como o Nick gosta muito de carros vc podia tentar fazer uma pista e comprar os adesivos p ele colar quando fazer ,e no final ele ganhar um carrinho sera que ele n fica entusiasmado. Ah e p te alegrar meninas sao bem mais facil. Beijo grande

    • Oi Silvania!

      Eu adorei sua dica e acho que ajuda muito SIM!

      No caso do Nic eu usei pra incentivá-lo a usar o vaso, ou o penico. Eu comprei uma cartela de 200 adesivos de carros, motos, tratores e tudo o mais do que ele gosta, e dava 1 a cada vez que ele usava o vaso. No final, com um cartão de 15 adesivos preenchido, eu dava um carrinho de verdade, daqueles baratinhos. Mas daí, ele começou a trapacear… Fazia xixi parcelado pra ganhar muitos adesivos, segurava o cocô pra não fazer junto com o xixi e daí ganhar mais também, etc. E o problema dele não pedir pra ir continuava. Eu encontrava ele todo mijado e eu dizia “ta vendo, agora não vai ganhar adesivo, pois vc fez na calça, pra ganhar tem que fazer só no vaso”, e então ele começava a chorar dizendo que iria fazer no vaso TAMBÉM. Eu falava que não adiantava mais e a luta estava armada. Ele ia pro vaso assim mesmo, todo molhado, fazia 2 pingos de xixi e ficava chorando pra ganhar um adesivo. Então abortei a estratégia de dar algo em troca, pois com ele não estava funcionando mais.

      Ou seja, acho que agora me resta esperar a hora dele mesmo. E rezar pra que seja antes dos 4 anos! :D

      Beijos e muito obrigada pela sugestão!

      Lu

  9. Lu, vc é uma figura mesmo… Só vc pra ir procurar no dicionário… Eu nem imaginava que desfraude era isso, mas já te digo que Isabel também teve uma fase looooonga de desfraUde, ela não dava a mínima se ficava molhada ou não. Quase enlouqueci. Mas aí, de um dia pro outro, sem mais nem menos, logo depois que ela fez 3 anos ela resolveu aprender a segurar e desde então tem sido bem tranquilo. Agora entramos na fase do desfraLde noturno, mas isso está sendo tarefa para a vovó aqui no Brasil. E tem outra: jurei que meu próximo filho só vai começar o desfralde com 3 anos, assim é bem mais tranquilo.
    Beijos e boa sorte aí!
    Livia

  10. Ah, Lu, só pra te deixar com uma pontinha de inveja: estou em BHHHHHH!!!!
    beijos!
    Livia

    • Lívia, nem me fala que vc ta em BH menina!!! Ai, como eu queria! Aproveita por mim!!!

      Sobre o desfraUde, não liga não, mas a maluca aqui inventou mesmo, viu? hahahaha Não existe não – mas pode começar a existir a partir de agora, pois já tenho aplicação pra palavra! :D

      E que bom ouvir que o da Isabel demorou mas veio. Há esperanças pra mim, amiga! :)

      Beijos!

  11. Lu, ri demais! Ótimo post!
    Estamos longe dessa fase, mas vamos ver o que o Universo nos reserva.
    Beijos

  12. To numa vida corrida viu, mas tirei um tempo pra passar aqui e dizer q eu li esse texto rapidamente pelo iphone e adorei.

  13. Pingback: Essa é amiga mesmo! « Nicolando por aí

  14. Pingback: Gravidez Nic x gravidez Lily « Nicolando por aí

  15. Olá Luciana, espero que te ajude a leitura neste site aonde apreendemos sobre a técnica do “Diaperfree”.

    Funcionou conosco, começamos o processo com 4 meses e a Júlia parou de usar a fralda com 1 ano. Acredito que a palavra “paciência” seja fundamental para este processo.

    Estamos esperando outro bebê para abril e tudo vai recomeçar, não é difícil se encaramos como um desafio divertido, sem falar na economia $ e na poluição que as fraldas fazem.

    Este processo de desfraldar, deve envolver toda a família.

    Fica um outro site (slingando) para outras dicas. http://www.diaperfreebaby.org/ e http://www.slingando.com/.

    • Oi Rogerio, muitíssimo obrigada por sua sugestão. Eu conheci o EC há somente poucos meses atrás e gostei muito. Sem duvida estou pensando em começar com o proximo bebê bem mais cedo! Com o Nicolas foi complicado, pois quando ele parecia estar pronto nos mudamos da Australia pro Canada e o periodo de adaptação aqui foi um pouco intenso, com inverno forte chegando e várias outras coisas. Então de certo modo parece que ele “passou do ponto” sabe? Vai saber, o que importa é que não está mesmo interessado agora, infelizmente.

      Mas obrigada pelas dicas dos sites!

      Abraços

  16. Pingback: Tá sentada? Ele des-fral-dou!!! « Nicolando por aí

  17. Pingback: “Pequeno” guia do desfralde, parte 3 de 5 – Preparando pra começar! « Nicolando por aí

  18. Pingback: “Pequeno” guia do desfralde, parte 5 de 5 – Soluções pra alguns problemas « Nicolando por aí

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 515 outros seguidores