O lado cômico da maternidade

A evolução dos tempos

22 Comentários

2008 (Australia)

*

- Amor?

Silêncio.

- Amor? Tá acordado?

- Hm?

- Acho que Nic fez xixi…

- Hm, fez? – responde ele atordoado de sono. Pega o Nic com cuidado, leva pro trocador. Abre mais um pouco a porta pra entrar a luz do corredor que passa a noite sempre acesa – Onde é que ficam as fraldas mesmo?

- Aí do lado do trocador?… Na cestinha escrito “fraldas”?

- Ah, é.

1 minuto depois.

- Ai, me ajuda aqui, nao tô conseguindo tirar essa roupa dele não.

- É só puxar os botões no meio das pernas que eles abrem.

2 minutos depois. Ele joga a fralda quase seca no lixo.

- E os lencinhos? Tem que molhar com água morna?

- Claro, tadinho!

3 minutos depois. Nic acorda chorando.

- Pra que lado põe essa fralda???? Vem cá, não tô conseguindo fechar isso não!!!!

Ela levanta.

- Ah, é que você colocou a fralda virada, esse lado aqui ó fica pra frente. Você passou o creme pra assadura?

- Não, esqueci.

Alguns segundos depois.

- Pronto, tá tudo pronto – diz ela. Agora fecha o macacãozinho dele que enquanto isso eu vou tirando um pouco de leite. Meus seios estão tão cheios que chegam a doer… Será que hoje o Nic vai aceitar mamar no peito?

5 minutos depois.

- Cê ta demorando, o que que aconteceu aí?

- Como é que fecha esses botões???!

- É só apertar que eles fecham!

- EU SEI!!!! Mas tem um monte de botão aqui, qual vai com qual?

- Ué… Vai seguindo a fila e fechando…

1 minuto depois.

- Mas o Nic não para de mexer as pernas!!!!

4 minutos depois.

- Pronto, toma ele aqui. Ta prontinho pra mamar.

________________

2012 (Canadá)

*

- Amor?

Silencio.

- Amor, acorda.

- Hm?

- Tá sentindo esse cheiro?

- Hm?

- Esse cheiro.

- Que cheiro?

- Sei lá… Um azedinho adocicado… Tá sentindo?

- Não… Vai dormir…

- É que eu acho que a Lily fez cocô…

Ele apura o nariz, cheirando perto do bumbum dela. Olhos fechados.

- É, fez sim – volta a deitar no travesseiro.

- A gente devia trocar, não? É cocô…

- Sei não… Ela tá dormindo… Vamos deixar pra depois, vão?

3 minutos depois. Marido ressonando.

- Amor?

- Hm?

- Mas e se ela assar?

- Assa não… Daqui a pouco ela acorda pra mamar, a gente troca – diz ele com a voz embolada de sono.

- Ih!!!

- O que?…

- A fralda tá quase vazando, tá lotada! – diz ela apalpando o bumbum.

- Mesmo? Nossa… Então vamos trocar.

Ele se vira, pega fralda e lenços de cima do criado mudo.

- Quer ir pro trocador?

- Nah! Vai aqui na cama mesmo!

Ela levanta a roupinha, ele segura as perninhas pra cima, ela limpa o bumbum, Lily começa a acordar, ele põe a fralda, ela confere rapidinho, ele desce a roupinha.

- Pronto, tá pontinha pra mamar. Quando for hora dela arrotar você me acorda.

PS: Só um adendo pra dizer que apesar da dificuldade com os botões, as fraldas e as roupas em geral, a ajuda do Rafa é ESSENCIAL!!! (vide o aperto que eu passo quando ele viaja…). Mas eu tinha que mostrar que na maternidade/paternidade tudo evolui e a gente vai ficando mais esperto, prático e relaxado com o tempo. Pra que dificultar comprando um body todo cheio de botões? Pra mim a melhor invenção dos ultimos anos é esse camisolão aberto de bebê aí da segunda foto. Levantou, abaixou e pronto. #ficaadica

E aliás, qual é o nome dessa roupa, hein gente? Alguém aí sabe?

–> Descobri! Em inglês se chama baby sleep (ou sleeper) gown, que em português deve ser camisola pra bebês mesmo…

About these ads

22 comentários sobre “A evolução dos tempos

  1. HE HE HE
    me matei de rir mesmo!

    só tenho uma coisa pra dizer:

    HOMENS………………………….

  2. Senhor amado! Socorro! hahahahaaa..que lindo Lú! Ele te ajuda de qualquer maneira!!!! hahahahahahahahaa…adoreiiiiiiii!! beijos Nanda

  3. Adoro quando alguém escreve sobre os maridos. Sinto uma compaixão sabe? :D beijo

  4. Nossaaaaaa só vc pra me fazer rir, no meio de uma crise de cólicas e coluna. Amei o relato, e que evolução hein?!!!!
    Bjosss e como sempre obrigada pelo carinho!

  5. #euri muito! :-)
    E só vc para tirar fotos desses momentos hilários!
    Bjs

  6. hahahahahahahahaha adorei!!! Adorei!!!

    Morri de rir com a foto do primeiro macacão fechado pelo papai… hahahahahaha

    E os pezinhos, com dedinhos tortinhos, que lindos!!! Iguaizinhos!!!! O do mano e da mana! =)

    Homens são todos iguais, Lu…. Pensa…. Beijos!!!!!!!!!!!!

  7. Ótimo post Lú! Aqui em casa foi a mesma coisa com a Lara….agora o Lucas está chegando e espero ter mais tranquilidade e ser mais relaxada tambem. Tenho quase certeza que seremos!!! rsrsrs! Sobre a camisola, adorei!!! Se vc souber o nome me passa. Vou tentar achar aqui no Brasil! Beijao!!

    • Oi marina, com certeza vc vai ser… Mesmo sendo cada bebê um bebê, a gente tem mais jogo de cintura e consegue lidar melhor com diversas situações que deixavam a gente insegura na primeira vez… Parece que a intuição aflora mais. Ficamos mais seguras e os bebes sentem isso e se acalmam mais rápido. Bom, pelo menos assim tem sido minha experiência.

      Qto à roupinha, adicionei no post, mas o nome em ingles é sleep gown, talvez camisola mesmo em português. E minha sugestão é comprar tamanhos maiores, pois vem sempre uma luvinha embutida na manga, entao é melhor ter mais espaço pro bracinho não ficar comprimido, e pras perninhas não ficarem de fora.

      Beijos!

  8. oi lindona!!!!

    adorei a idéia da camisola. é fofa e prática. e adorei muito saber das madrugadas, que ficam mais light, mesmo com ehiro de cocô.

    kkkk

    bjocas nos fofos.

  9. Que bonitinho esse papai, todo atrapalhado!
    O papai aqui de casa também ajuda muito!!!!
    Bjos!!

  10. Essa ajuda é mesmo essencial, não sei o que seria de mim sem o pai companheiro aqui de casa… Esses botões são mesmo chato, principalmente pra fazer a troca na madrugada, difícil acertar quando se ta caindo de sono… hehe E incrível como eles nunca sabem os estão as coisas, não? Com o segundo eles se localizam melhor também?
    Beijos

  11. Hahaha!!! Morri de rir!!!

    Beijos!

    Lívia.

  12. Gostei da praticidade. Ela tá uma fofa! :)
    Bjs.

  13. Lu, achei muito divertido o relato! Por aqui, nestes 1 ano e 7 meses, acredito que o marido trocou a fralda no máximo 6 vezes e apenas uma de cocô… : (
    Já que o Rafa se predispõe a ajudar, deixa ajudar como pode!!!! Eu sei que isso você já valoriza!!! Bjs de montão!!! Si

    • Si minha amiga… que pena, mas imagino que ele tenha outras virtudes, ne? infelizmente ninguem é perfeito e aqui em casa mesmo ja tive que dar umas sacolejadas no rafa pra ele acordar e me ajudar. :D

      beijos, irmazinha!

  14. OI, acabei de conhecer o seu blog e já estou gostando muito! Meu bebê está com 7 meses e nos primeiros dias as coisas aconteciam aqui em casa igualzinho você descreveu. Mas a ajuda do meu marido foi fundamental, porque os números 1 vazavam o tempo todo, era frio e tinhamos que trocar toda a roupa dele. Além disso, demorou algum tempo para estabelecer a amamentação e enquanto isso o marido acordava de 3 em 3 horas para esterilizar todo o equipamento (sonda, seringa, mamadeira etc.) e preparava o leitinho todos os dias e noites. Ele fazia tudo e então levava até o quarto, colocava o bebë no meu colo, ajudava a trocar a fralda e esperava terminar tudo. Foi uma participação fundamental. Legal seus post, parabéns pela criatividade e pela família linda.

  15. Pingback: Mãe de segunda viagem « Nicolando por aí

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 515 outros seguidores