O lado cômico da maternidade

A crise dos 6 meses – Parte II

Deixe um comentário

 Ansiedade de separação – versão materna

Hammond Park - Easter Holiday

Nasceram os dentes, veio a ansiedade de separação – mais cedo do que a gente esperava. Esta fase, normalmente ocorre ao redor dos 8 meses, mas em alguns casos pode vir antes. Que neném precoce o nosso… 🙂

É a fase na qual o bebê se dá conta que é um individuo separado da mãe. Ele começa a notar outras pessoas, sabe da existência do pai e que o resto são estranhos. Até aí, ele ria pra todo mundo… a porteirinha velha, como estavam chamando ele no Brasil, né gente? Mas agora, sempre que encontra outra pessoa, olha todo ressabiado e custa a dar um sorriso… isso quando dá…

E em casa, é pura dependência… Se eu saio de perto, ou mesmo estou atrás dele e ele não percebe, chora. Assim, tudo o que eu vou fazer, tenho que levar ele comigo. Vou pendurar roupa lá fora, ponho ele no canguru. Vou pra cozinha, ponho ele perto sentado na cadeirinha. Vou ao banheiro, lá vai ele junto. Ele vai brincar, eu tenho que estar perto.

Mas é uma fase muito importante, pois significa que agora ele tem noção de espaço, coisa que ele não tinha antes! Agora ele sabe que se eu estou indo, é que estou me afastando… mas se eu saio do campo de visão dele, ele acha que eu simplesmente… puft!… desapareci!

 

Ansiedade de separação – versão paterna

DSC02663

Já tem uns dias que o Nicolas começa a chorar logo que eu chego em casa do trabalho. Eu abro a porta, ele olha pra mim, e imagino que duas coisas passam por sua cabeça: i) eu tenho pai, ii) ele ficou o dia inteiro fora sem brincar comigo. Aí então vem a choradeira. Especialmente porque eu chego sujo e não quero pegar ele de uma vez. Quando eu passo direto e vou pro banheiro lavar as mãos ou tomar banho aí o choro é bravo.

Ultimamente a Lu quando me ouve chegando tenta distrair o Nicolas pra ele não comece a chorar de uma vez. Nem sempre adianta, mas é só eu pegá-lo no colo e fazer ele brincar com a mãe que tudo se resolve.

Hoje eu trabalhei em casa e ele muitas vezes ficava olhando pra mim e chorando, provavelmente pensando: já que você está aqui, porque não está cuidando de mim?

Segundo os especialistas os nenéns na idade dele percebem melhor o que se passa ao redor e consequente percebem melhor nossa ausência. Também, como ainda não têm boa noção de tempo não sabem se você sai por pouco tempo ou pra sempre. Mais uma etapa no desenvolvimento do nosso filhote!

Continua…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s