O lado cômico da maternidade

A crise dos 6 meses – Parte Final

1 comentário

Introdução dos sólidos

comendo tudinho (2)

A introdução dos sólidos começou muito bem. Comecei devagar, primeiro só cereal de arroz, depois vegetais e aos poucos frutas, como recomendam aqui na Austrália. Ele cuspia e não mostrava muito interesse, mas tudo normal.

Depois de 1-2 semanas já comia bem, principalmente os vegetais, fruta nem tanto. Daí teve uma ziguizira medonha… Se contorcia um tanto pra dormir, gemia, chorava. Passamos um aperto danado sem saber o que ele tinha, afinal ele tava em plena crise dos 6 meses – podia ser qualquer coisa!

Então decidimos suspender os sólidos por um tempo – deu certo, ele melhorou. Daí fui introduzindo tudo de novo, um por um. No dia que comeu batata, voltou a ter a mesma reação. Então vimos que batata ou batata doce vão ter que esperar um pouco mais pra serem oferecidas outra vez.

Bom, pra quem acompanhou de perto no Brasil, sabe que o Nicolas tem alguns problemas com o funcionamento do intestino. A dieta dele tem que ser muito bem balanceada, acompanhada de perto dia após dia, senão dá biziu. Ou ele fica com o intestino preso ou muito solto, e nas duas situações ele sente muita dor, tem gases, se contorce muito e não dorme bem.

Tirando a batata, o Nicolas passou então a comer de tudo outra vez. Aos 7 meses já comia fruta de manhã, almoçava e jantava papa de vegetais com carne e arroz. Abria o bocão e comia com satisfação (filho de peixe, peixinho é!). Até o inesperado: de uma hora pra outra, começou a vomitar toda a comida (mas nunca o leite). Foram 5 dias seguidos.

Fiquei confusa, afinal eu não estava dando nada de novo. Será que estava se desenvolvendo alguma alergia? Ou seria a consistência que eu estava aumentando aos poucos? O meu medo é que ele passasse a associar comida com vômito, pois ele já estava começando a recusar sem mesmo ter comido.

Então comecei tudo de novo, aos poucos, dando tudo bem batidinho outra vez, excluindo o arroz (por causa dos grãos) e não tenho insistido muito pra ele comer.

Agora já fazem 4-5 dias que ele está sem vomitar e tá começando a comer bem de novo!

E é isso. A gente aqui vai aprendendo e se adaptando! Pois cada bebê é um bebê, cada caso é um caso, e às vezes pra avançar a gente acaba tendo que voltar um pouco…

                                                              *  *  *

 Bom… agora só falta ensiná-lo a selecionar melhor o que ele come! 🙂

 Hammond Park - Easter Holiday (20)

Anúncios

Um pensamento sobre “A crise dos 6 meses – Parte Final

  1. Pingback: A saga com a lumpy food « Nicolando por aí

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s