O lado cômico da maternidade

Patti aqui, Patti acolá

3 Comentários

E a Patti voltou pra terrinha… 😦  Mas não antes de colorir nossos dias com sua alegria, sua espontaneidade e deixar muitas saudades…

Saudades daquela algazarra todo dia de manhã, do jeito dela de contar seus casos, da sua voz ‘discreta’ que se escuta a quilômetros de distância, de lembrar das nossas histórias de infância com o Rei e o Nael, de falar dos gatos que já tivemos (que Miri!!!), de rir das briguinhas divertidas entre ela e o Rafa, das horas que passamos fazendo palavras cruzadas ou resolvendo problemas de lógica, das viagens com ela que ganharam um novo olhar, do Nic confundindo seu nome com a palavra sapato (sapatti?) e chamar tudo de ‘patti’, dos tratamentos de cabelo que me ajudaram a criar coragem de finalmente deixar de prender os meus, das nossas saidas divertidas pra fazer compras, do dia que ela dormiu no nosso quarto porque estava com medo do que eu chamo de “grilo-barata”, de rir das nossas fotos que não saíram tão boas (e que eu nunca vou postar aqui no blog! rs), de vê-la comendo curry e tomando leite em seguida pra tirar o gosto da pimenta, da ajuda dela pra correr atrás do Nic ou falar pra ele o nome dos mil objetos que ele aponta, de todo dia encontrar minha escova de dente com pasta, de observar sua paciência pra assistir o mesmo videozinho todos os dias com o Nicolas, de ver se formar seu vicio por Seinfeld, cookies, Weet-Bix, iced mocha e torradas com manteiga e geléia, da gente chorar de rir das coisas mais bobas do mundo… Tudo tão simples, mas tão, tão bom…  

Patti, minha irmãzinha e amiga, obrigada por ter vindo!

E o Nic, às vezes acho que está entendendo que você já foi embora, até o momento que ele interrompe uma brincadeira do nada e levanta falando Patti!, Patti!, Patti! e sai te procurando em cada cômodo da casa. Aí de repente ele passa por um caminhãozinho e começa a brincar feliz da vida. Hoje ele acordou com um acesso de choro, acho que estava sonhando. Levantou e foi direto pro seu quarto, depois foi sentar no chão da sala com a cabecinha baixa, como que desolado. Daí eu cheguei e perguntei se estava tudo bem e ele falou sorrindo Mami!, com aquela vozinha que você sabe.

Eu gostaria de ter postado as fotos da sua visita à medida que fossem sendo tiradas. Mas não dava pra deixar sua companhia pra postar tantas fotos. Então, vou tentar fazer uma seleção dos melhores momentos. No próximo post eu coloco as fotos da nossa viagem pra Perth nessa última semana.

Beijos com saudade…

********************

Esse foi o dia que o Nic andou pra todo lado com o ‘rake’ trombando nos móveis e querendo arar a casa toda. (Mãe, aproveita pra ver o Nic de cabelo cortado, que você me cobrou!)

O dia que visitamos a Broad Arrow, a taverna com as paredes cobertas por nomes de pessoas de toda parte do mundo. Foi difícil é encontrar um espacinho pro seu, né Patti? Mas uma visitinha ao banheiro resolveu o problema…rsrs Também aproveitamos pra rever nossos nomes que escrevemos na nossa primeira visita à Austrália, há 5 anos atrás, e colocar o nome do Nicolas pertinho do nosso (tem que clicar na foto pra ver).

E a risaiada pelas ruas de Kalgoorlie, culminando com uma foto com a estátua do Paddy Hannan. Muito fofos os dois! 🙂

Quando fomos à biblioteca pública e descobrimos uma sala nova só pras crianças.

O dia que desbravamos as passagens secretas e antigas do museu de mineração e terminamos  na loja de souvenirs rindo dos canguruzinhos à corda que dão cambalhota no ar. E foi ótimo descobrimos aquela mesinha cheia de lápis e papel pro Nic se distrair enquanto a gente andava pelo museu, né?

O dia que visitamos o lago de sal em Kambalda.

E depois o Super Pit.

O dia cheio em que recebemos duas visitas bacanas: a da Clods com sua família que cresceu e a da sempre divertida Natália.

O inesquecível frio na barriga do dia que nos aventuramos com você no volante na mão inglesa! Foi super emocionante, mas deu tudo certo!

E por fim, o Nic aproveitando o aconchegante colinho da dindinha… Tá vendo, não dá pra culpá-lo por sentir saudade… Mesmo que ela venha em pulsos! 🙂

Até a próxima, Patti! Amamos você!

Anúncios

3 pensamentos sobre “Patti aqui, Patti acolá

  1. Ai, Lu!!! Que judiação!!!!

    Não tô nem conseguindo ler tudo… Tô que nem uma manteiga derretida… Adorei tudo que vc escreveu..(pelo menos o que conseguir ler). Tô sem palavras e sei que não preciso procurá-las, pois nossa ligação de irmãs as dispensa…

    Te amo.

  2. Lu, fiquei emocionada. Que momentos maravilhosos devem ter sido estes com sua irmã. Dá pra ver e sentir o quanto voces se divertiram juntas e o quanto se amam. Relações com irmãos são as melhores, na minha opinião.

    Um grande abraço!

  3. Irmã é realmente tudo de bom. Que bom que vcs aproveitaram muito.

    Beijos pra voces!

    PS: sua irma tem lindos cabelos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s