O lado cômico da maternidade

Sexto sentido?

23 Comentários

Então. Eu contei no último post sobre o Nicolas estar nesta fase imaginativa sem limites, onde a comida vira animais e caminhões, meus pincéis viram árvores pros seus cenários de brincadeira e qualquer coisa redonda (ou não) vira volante de carro.

Daí, que ontem, estávamos os dois papeando na cozinha, quando ele olha pro quarto que fica no final de um pequeno corredor e fala:

– Aiá! UM mulher, mamãe!

Olhei pro quarto e vi o supino do Rafa, que é um daqueles equipamentos de levantar peso. Na hora eu não tive dúvidas que ele estava de alguma forma, imaginando uma mulher ao ver aquele equipamento. Falei pra ele. Só que de repente ele me pareceu bem assustado e tudo o que queria era subir no meu colo – e não parava de olhar pro tal quarto. Achei estranho, fui lá com ele agarrado no meu pescoço, fechei a porta e ele relaxou de novo. Continuamos nosso papo na cozinha.

Daí que hoje, eu já nem me lembrava mais do incidente. Entrei nesse quarto, peguei alguma coisa lá e deixei a porta aberta de novo. Na hora do almoço, o Nic olha pro quarto, volta a falar da mulher e pede colo.

– Então vamos lá, me mostra onde você está vendo essa mulher. É aquele negócio preto ali?

Ele não responde nada.

– Vai lá, me mostra cadê a mulher.

Nic de repente perde o medo, desce do meu colo, entra no quarto, passa pelo supino e aponta pro berço VAZIO que virou sofá e que fica encostado na parede lá atrás.

– Aqui. O mulher tá aqui sentado.

Peguei o Nicolas, fechei a porta, saí correndo e agora estou aqui escrevendo este post.

AI, AI MAMA!!!!

* * *

Rafa, que hora você encontrou pra viajar de novo hein? Voooooooolta!!! We need you here!!!

Anúncios

23 pensamentos sobre “Sexto sentido?

  1. Oi lu, que desespero. Eis meu pitaco:
    Tive uma parte da formação espìrita (não acredito, mas…) e o que um dos principais nomes do espiritismo orienta è não dar muita atenção (não demonstrar que isso te mobiliza, pq se for imaginação é uma forma de manipular) e REZAR (é possìvel que seja verdade: è como se houvesse uma passagem entre nosso mundo e o outro. Crianças até 5 anos tem trânsito livre e pouca noçã do é real e imaginário). A orientação é pedir luz para a tal mulher e explicar que ela está assustando o bebê e tal. Se acreditar faça o evangelho no lar.
    Espero ter ajudado um pouco.
    Beijoca

    Se não resolver importa uma rezadeira de cachoeira-ba.

  2. yoyo mama! E bem bizarro porque adivinha que filme eu resolvi re-assistir no avião? Sixth sense! Yoyo Mama!

  3. Frio na espinha! Ui, medo dessas coisas!…
    Força aí, querida, maridinho vai voltar logo, logo! Deixa essa porta fechada direto p/ não te incomodar.
    Courage!
    Bjs,

  4. Calma Lu, não se deixa impressionar por filmes.

    Reza, pede auxilio a seus amigos e protetores espirituais, encaminha o espirito perdido para um lugar melhor pra ela.

    Ninguem vai te fazer mal nem a seu filho, aí entra o filme, o subconsciente, o medo.

    Casa nova precisa de uma limpeza fisica e espiritual.

    Leia ensinamentos espirituais e edificantes em voz alta pela casa ajuda bastante.

    Eu acredito e faço na minha todos os dias a noite.

    Fica tranquila, sem medo
    Beijo

  5. vooooooolta, maridoooooooo!!!!
    mas enquanto ele não volta, coloca uma bossa nova, um sambinha animado, qualquer coisa que traga energia positiva e mostre pra assombração que ali só fica gente do bem.
    abraço apertado, tá?

  6. OMG!!!
    Agora arrepiei total!!!
    Ai nem sei o que dizer, provavelmente qualquer coisa que eu disser vai ser uma grande e enorme baboseira porque to aqui me cagando de medo por voces…
    Se te ajuda, vou rezar por voces tá? rs
    BJoooo

  7. Lu,

    Sempre ouvi falar que criança sempre vê essas coisas, mas saber de alguém assim tão de perto!!!!! Ai, ai, ai!!!!!! Que meda!!!!

    Sei lá o que falar… Faz umas orações pra ela… rsrsrs

    Boa sorte…

    Beijos.

  8. Nossa, fiquei arrepiada. Morro de medo dessas coisas tb. Outro dia a Giuliana, do blog lulunaodorme contou um episodio bem parecido com esse seu, passa lá pra dar uma olhada.
    Reza para os espíritos de luz protegerem sua casa, se vc acreditar, claro.
    Abraços

  9. Oi gente querida,

    Muito, muito obrigada pelas sugestões e envio de bons fluidos! Ontem eu fiz umas orações pra essa mulher encontrar o caminho dela (tanta coisa bacana pra ver no universo e ela escolhe ficar aqui, né?), coloquei uma super bossa nova (como a Rô sugeriu), deixei a porta fechada e ficou tudo tranquilo. Eu não acho que a casa seja mal assombrada e sei até que eu não deveria ter medo dessas coisas… Acredito que espíritos estão por toda parte, a diferença é que agora tenho o Nic pra me apontá-los! Mas tá tudo bem agora…

    Beijos e mais uma vez, obrigada!

  10. Ai, tbem não gosto dessas coisas, tenho medo… Mas reza e reza bastante q vai passar!
    Bjos e boa sorte!
    Camila
    http://mamaetaocupada.blogspot.com/

  11. Cheguei tarde, mas fiquei feliz que você já tenha resolvido a situação.
    Concordo que o melhor é “conversar” com o espírito em questão, e avisar que, mesmo essa lendo legal (porque ela pode ser) está assustando o filhote.
    Beijos,
    nine

  12. Oh, God!
    Fui ler isso, agora, justamente agora, que estou sozinha. hauahuah

    É nesse quarto que o Nic não quer dormir? Não, né?

    Rafa, vooooooolta!
    Beijão!

  13. Vi a ilustração que você enviou pra Marina, da Ana Letícia e achei uma graça. Decidi visitar seu cantinho, agora, vou passar por aqui sempre! Bjks

  14. Ai ai! Cheguei atrasada e sou mega medrosa!
    Acho que eu vou ficar calada pra não atrapalhar vcs, mas que coisa mais esquisiita, meu Jesus! Hahaha
    Ó! Racha fora daí, mulher! Credo!

    Bjs!

  15. Olá Luciana, criança tem uma imaginaçao muito forte! Os meus viviam com amigos imaginários, dragoes e monstros no guarda-roupa! Nao esquenta! Beijos e boa semana!

  16. Lú, medaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa eu ia sair correndo até o brasil…….rs rs rs rs bj!!!!!!!!!!!!!!

  17. Ai, deu arrepio só de ler… espero que agora a situação já tenha se resolvido.
    Deixei um selinho pra você lá no blog…
    Beijos!

  18. Ai Lu que medo!! Acho que eu faria o mesmo que vc, trancaria esse quarto, tentaria não passar meu medo pro pequeno… e rezaria – tanto pra tal mulher ir embora quanto pro maridex voltar logo…
    Mas lendo os comentários achei interessante o da Mari, que diz que crianças até 5 anos tem trânsito livre e tal… e lembrei que Bento nos surpreendeu uma vez. O biso dele, avô do meu marido, faleceu no final do ano retrasado. Bento chegou a conhecê-lo, mas ainda quando pequenino (tinha ainda menos de 1 ano quando o biso se foi). Pois algum tempo depois, em uma visita comum à casa da bisa, Bento não queria entrar no quarto dela por nada. Estava jogando bola na sala e, quando a bola foi parar dentro do quarto, ele parou na porta e não queria entrar. Até pensamos que era porque a luz estava apagada, mas mesmo acendendo ele não entrava. Alguns minutos depois ele veio para perto de mim dizendo “biso”. E olha que quando biso faleceu, Bento ainda nem falava…
    Enfim amiga, orações são sempre boas para nos tranquilizar nessas horas!
    bjos

  19. Pingback: As mães, as vacas e as aparições « Nicolando por aí

  20. Báh Lu!!!

    Depois de uma dessas não sei se eu teria coragem de abrir a porta novamente….

    Beijos
    Pri

  21. Lu,

    muita calma nessa hora (embora seja difícil.) Não tenha medo, se tiver fé apenas reze que vai passar. Acredite que vai passar, que ficará tudo bem a ‘FÉ é tudo. Rezo sempre por voces aqui inclusivo no centro espírita. No mais amei saber que o Nic tá dormindo a noite toda e que vc tb, afinal não sabemos o que é melhor né!??? rsrsrs Bjos muitos saudosos e espero que estejam bem.

    Da tia Fefe que nunca esquece de voces.

  22. Bem antes de mais nada, sumida estou eu né, querida? Estou tentando colocar os papos virtuais em dia, mas agora pra complicar minha vida, a moça que me ajudava auqi em casa, arrumou um emprego fixo…
    Mas vamos que vamos!
    Bem, obrigada pelos elogios sobre a festa do Gu. É realmente muito gostoso ver que ficou tudo tão bonitinho, porque fiz com muito, mas muito carinho enquanto ainda estava nos EUA.

    Sobre a tal mulher, é difícil saber se ele está vendo mesmo. Como bem disse a Mariana, pode ser apenas imaginação (e ele está na fase de treinar isto) ou pode ser verdade, já que as crianças tem facilidade para ver os espíritos.

    E agora já passou? Ou ele continua falando que vê?
    Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s