O lado cômico da maternidade

o barrigão e o buraco

11 Comentários

– Mamãe, quero entrar de volta pro barrigão.

– Que barrigão? – pergunto eu olhando pra minha barriga de quase 4 meses que apenas começa a aparecer.

– Esse aqui ó – e aponta pra minha barriga.

Tá, ele chama todas as barrigas de barrigão, até mesmo as das formiguinhas.

– E o que você quer fazer lá dentro?

– Vou levar água e terra e fazer barro! – responde ele com entusiasmo.

* * *

Nic tá levando bem toda a história de ganhar um irmãozinho ou irmãzinha. Na primeira vez que contamos pra ele, fez tchum com os ombros e não quis nem saber. Queria mesmo era salvar o carrinho MacQueen do prédio em chamas com seu super caminhão de bombeiros. Depois fez companhia pra gente no primeiro ultrassom. Disseram que não podia criança pequena lá dentro, mas a enfermeira era bacana. Infelizmente não adiantou nada, pois Nic não gostou da experiência. Mas também, um horror aquela sala escura, mamãe deitada numa cama que dobra ao meio e um filme em preto e branco totalmente sem definição passando na TV.

– Quero ir embora – disse ele.

Poucas semanas depois contamos de novo. Sabe que tem outro neném aqui dentro da barriga da mamãe? Desta vez ele sorriu feliz. E agora conta com alegria que vai ter um irmãozinho, que vai brincar com ele no balanço e que vão empurrar um ao outro e falar “ready, set, gooooo!”.

– Mamãe, vou empurrar o outro neném pequenininho no balanço e falar “reda, seta, go!”. E morre de rir.

E namora o álbum da mamãe com barrigão de Nicolas, e tenta pegar as poucas coisinhas compradas ou ganhadas pro bebê pra logo dizer “não, não é do Nicolas, é do outro neném”. E põe de volta na gaveta, sem mandar, sem reclamar.

Que Deus conserve.

* * *

– Mas Nic, e como você pensa em entrar no meu barrigão de novo?

Daí ele sobe no meu colo e se aconchega bem apertadinho, bem abraçadinho.

– Ih, assim não dá não – conclui ele. Acho que tem que entrar pelo buraco.

– Buraco??? Que buraco? – pergunto com os olhos arregalados.

– Aquele lá embaixo.

– Cadê, me mostra, que buraco! – arrisco eu morrendo de medo de querer mesmo entrar por onde saiu.

– Esse aqui ó, esse umbigo aqui.

Ufa, por pouco meu coração não sai pela boca, trazendo bebê e tudo! 🙂

Anúncios

11 pensamentos sobre “o barrigão e o buraco

  1. hahahahahhaah… que figura Lu. Muito fofo. E parabéns pela segunda gravidez. Beijos

  2. Esse Nicolas fica mais fofo quanto mais cresce! E parabéns a você e ao Rafa pelo segundinho ou segundinha que vem por aí! Fiquei feliz com a notícia de que o Nic vai deixar de ser filho único! rsrsrsrs
    Cheguei agora de viagem pela Europa, mas desta vez não tive saco para registrar o dia-a-dia em blog. Fiz apenas um post com análise da recente crise européia. Foi muito bom, ficamos dois meses rodando, mas baseados em Paris, onde mora meu irmão.
    Beijos procê, pro Rafa, um bemmmm grande pro Nicolas, e um beijinho carinhoso pro bebê que se prepara para vir enfrentar esta barra de viver! Saudade!

    • Puxa vida, Bel, que saudades de você! E da sua filha também, aquela sumidona! 🙂

      Que legal que estava passeando… e que pena que não registrou todos os detalhes dessa vez, adoro seu jeito de relatar as viagens. Mas vou passar lá pra ler o post daqui a pouco!

      Beijão!

  3. óóóóóó…
    que coisa boa lu!!!!
    e fofa, né?
    esse nic é uma coisa…
    acho que vou mandar isaac praí, aocmpanhar suas gestação e aprender com o nic sobre aceitar irmãozinhos…
    se vc me prometer que não vai deixar ele brincar com nenhum urso eu mando.
    rá.

    bjocas na família tooooooda

    • Ô Carol, mas sem urso por acaso tem graça? Pode ser um pequeninho então? Outro dia vi uma ursa com dois filhotinhos atravessando a rua. Quem sabe um deles, hein? 🙂

      Beijos e anima aí!!!

      🙂

  4. Hahahahah!! Ele querendo entrar pelo buraco foi demais!! Que fofo, vai ser companheiro do irmãozinho(a)!!
    E isso me lembrou de quando minha irmã tava grávida do meu sobrinho mais novo. Um dia, vendo na tv um programa sobre maternidade, passaram umas cenas de parto (cenas light, sem mostrar a coisa toda e tal). Minha irmã chamou o filhote mais velho (então com 4 anos) para ver, falou “olha lá, vai nascer o neném, igual seu irmãozinho que vem chegando” e tals. Quando o neném nasceu, meu sobrinho arregalou os olhos e disse: “mãããe!! mas ele vai nascer pelado?? coitado!!” E correu no quarto, pegou uma roupa dele e deu para a mãe: “mãe, come! não quero que meu irmão nasça pelado!!”
    Hahahahha!!

  5. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    Esse menino é demais!
    Que bom que tudo transcorre bem em relação à divisão de espaço né?
    Bom, também, saber que ele AINDA não sabe que o “buraco é mais embaixo” né?KKKKKKKK
    Se cuide, ok?
    Bjocas

  6. Menina, tô aqui rindo sozinha…entrar pelo buraco e ainda levar terra e águar pra fazer barro? hahaha.. figuraça este Nic viu!

    E o tanto que é fofo, desde já cuidando das coisas do “outro neném”?

    Morri!

  7. Lu, que delícia, não sabia que vc estava grávida! Parabéns! Felicidades aí para toda a família! Beijos, Livia

  8. Hahaha, meu sobrinho também achava que nenens saíam pelo umbigo! Até hoje ele tem um certo trauma desse “buraco”.
    E eu duvido muito desse “ão” aí no seu barrigão, afinal, não me esqueço dos “skinny arms”…

  9. Queridas, obrigada!

    Ai Sarah, essas historias são sempre ótimas, né? Por isso que mãe tem que ter blog, pra registrar tudo isso! hahaha

    Nanda, lembrou disso hein? Outro dia mesmo eu estava falando aqui que tô sentindo um falta de um medico pra falar que meus braços são “nice” e magrinhos…. hahaha

    Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s