O lado cômico da maternidade

O post gigante sobre o desfralde relâmpago da Lily

121 Comentários

Se você acompanhou a saga cósmica que foi o desfralde do Nic, deve se lembrar que demorou horrores pra chegar num final seco e feliz. Começamos o processo quando ele tinha 2.5 anos, mas ele só foi desfraldar pra valer com 3.5 e mesmo assim com inúmeras escapadas por muitos meses depois disso.

Vocês não têm noção, gente. Foi MUITO xixi debaixo dessa ponte!

Já Dona Lily, mal completou sua segunda trajetória elíptica ao redor do Sol e pimba: desfraldou por completo aos 2 anos e 3 meses em apenas 4 dias.

Então você argumenta: Ah! mas é porque ela é menina, mas que ela seguiu o exemplo do irmão, mas porque ela simplesmente estava pronta e ponto. Pois então eu tenho que te contar, colega, que até vésperas do início do processo desfraldístico, Liloca ainda desfilava orgulhosa com suas fraldinhas postas e nem tchum pras calcinhas. Se eu a convidava pra se sentar no penico e tentar fazer um xixizinho que fosse, ela corria assombrada. Aterrorizada. Achava um insulto fazer xixi num troço que foi feito pra colocar na cabeça – de acordo com ela.

chapeu

Um dia, eu tive uma grande ideia e juro que acreditava que fosse funcionar. Lily tava no auge de imitar tudo o que a gente fazia… Queria vestir nossas roupas, calçar nossos sapatos, copiar nosso jeito de falar e até usar minha maquiagem.

lily

Então pensei, quem sabe ela não se anima e imita sua boneca favorita também?

E fraldei a boneca.

Deixei a Zoey de fralda por vários dias seguidos. Trocava as da Lily, trocava as da Zoey. Lado a lado, as duas amiguinhas. Até que numa bela manhã ensolarada, fingi uma voz de boneca incomodada e a Zoey me pediu pra tirar suas fraldas.

zoey1

E Zoey passou a usar calcinha.

Lily bateu palmas, comemorou, deu adesivo de trator pra boneca (seu preferido) e se revelou super solidária e companheira. Exceto pra querer usar calcinha também.

zoey2

Então de repente, Zoey começou a fazer a dancinha do xixi. Botava as mãozinhas na periquita, lançava olhares de “não dá mais pra segurar” e pediu pra usar o penico.

zoey3

Ficamos todas em polvorosa! O primeiro xixi da Zoey no penico, quanta emoção!!!

zoey4

Pois Zoey se sentou, ajeitou a melhor posição, esperou uns segundos e…? Ouvimos um barulho!!! Pra mim, era um nítido barulho de seringa esguinchando água por trás da boneca, mas pra Lily, era o mais puro, cristalino e verdadeiro xixi que ela já tinha visto!

Seus olhinhos brilhavam. Ela batia palmas, ria e levava as mãozinhas na boca como quem diz “não tô acreditando!”.  Zoey tinha acabado de fazer seu primeiro xixi no penico!!!!

Foi a performance da minha vida.

zoey6

Nisso, escolhemos um adesivo de trem pra Zoey, a abraçamos, beijamos, e a congratulamos por tamanha conquista!

Aproveitando o momento de euforia e êxtase, me virei pra Lily, segurei suas mãozinhas e disse: “agora é sua vez, meu bem! Quer tentar fazer xixi no peniquinho igual a Zoey?”.

E só fui encontrar a Lily 40 minutos depois, escondida dentro do meu armário, junto com a gata Zelda.

* * *

“Mas então o que foi que você fez, criatura?” – Você me pergunta afoita me saculejando pelos ombros.

Calma! Me solta que eu vou te contar!

 

O MÉTODO

Saiba você, colega, que não foi simplesmente tirar a fralda dela e deixar a coisa rolar. Eu segui um método que uma amiga me indicou e que tá cada vez mais popular nessas bandas de cá.

Juro que tentei resumir! 🙂

#1 Idade. A coisa mais importante de todas e que contrariou tudo o que eu acreditava até então é que quanto menor a criança, mais rápido e efetivo será o desfralde. A idade ideal é de 22 meses, mas costuma funcionar bem até por volta de 2 anos e meio. A partir daí, fica cada vez mais difícil, pois quanto mais velha a criança, maior é seu apego pelas fraldas e pela comodidade de fazer tudo ali, sem precisar parar de brincar. A criança maior fica mais resistente à mudanças na rotina, e como tem maior habilidade de se concentrar numa atividade, fica ainda mais complicado pra ela se dar conta dos sinais do corpo e correr pra atender ao chamado da mãe natureza.

#2 Comunicação. Eu sempre acreditei que a criança tivesse que apresentar a maior parte dos sinais clássicos de que ela está pronta. Entre eles, demonstrar grande interesse pelo penico (e afins) e ter um bom vocabulário pra poder comunicar suas necessidades básicas. Pois se eu fosse esperar a Lily cair de amores pelo penico, eu certamente estaria esperando até hoje e esperaria muito mais – então já vi que isso não é o essencial. E quanto à comunicação, basta que a criança consiga sinalizar o que ela quer de alguma forma, e se a gente pensar bem, não tem nada a ver com a fala em si, mas mais com a expressão corporal envolvida, não?

#3 Intensivão. O método é intensivo e foi feito pra desfraldar em 3 dias, mas eu acho mais garantido planejar 5.Eu escolhi um final de semana prolongado de 4 dias, quente o suficiente pra ela poder ficar só de calcinha. Como trabalho em casa, se eu precisasse de mais um dia não seria tão complicado.

#4 Dedicação e foco. Essa é a parte crucial do processo! Pro programa funcionar, a pessoa desfraldadora precisa se dedicar 100% à criança durante aqueles 3 a 5 dias, senão NÃO funciona!!! Além da dedicação, vale lembrar que é necessário: amor, consistência, reforço positivo SEMPRE, paciência e FOCO.

Pois agora pense numa pessoa acostumada a fazer MIL coisas ao mesmo tempo, tendo que fazer só UMA por 4 longos dias!!! Gente, eu quase morri de tédio. Mas tem que ser assim, tem que esquecer de celular, televisão, candy crush, seriadinho, trabalho por fazer e internet (tchau facebook!!!). Nada de ficar sassaricando na rua, cismar de fazer faxina, sair pra fazer compra ou ir na casa da Maricota fofocar. Tem que ficar em casa com a cria desfraldenta o tem-po-to-do. Dedicação total? É disso que tô falando. E mais! Tem que  verificar com antecedência se a geladeira tá cheia e planejar as refeições uns dias antes (congeladas, delivery, alguém pra cozinhar).

Daí, com todo o esquema montado, mantenha o FOCO na cria. Aprenda a ler os sinais de quando ela precisa ir ao banheiro e esteja ao lado dela em CADA escapada de xixi. Se ela sair de perto, vai atrás. Se você tem que ir pra outro cômodo, leve ela com você. Gruda mesmo.

Agora, se você tiver outra criança, sugiro conseguir alguém pra ficar com ela nesses dias. No meu caso, eu tive que ficar sozinha com os dois por 2 dos 4 dias, mas garanti que o Nic tivesse muita distração pra não me atrapalhar (muito).

#5 Nunca pergunte à criança se ela quer fazer xixi. A resposta certamente será “não”. Diga somente e quantas vezes forem necessárias (eu repeti umas 248929 vezes durante esses 4 dias): “quando quiser fazer xixi, fala pra mamãe”. Pronto, só isso. Não pergunte, diga.

#6 Repetição e consistência. De tanto você repetir essa frase na hora que a criança já está fazendo xixi e levá-la ao banheiro imediatamente (demostrando na prática o que você espera que ela faça), vai ter um momento que vai dar um click na cabecinha dela e ela vai matar a charada. Com a Lily aconteceu no final do primeiro dia (pro cocô demorou até o último).

#7. De tempos em tempos convide a criança a checar se a calcinha ou cueca está sequinha. Repita muitas vezes: “sua calcinha tem que ficar sequinha, tá?” e em seguida: “fala pra mamãe se você tiver que fazer xixi”. Isso vai ajudar a ela a entender onde querem chegar.

#8 Jamais perca sua paciência ou castigue a criança. Espere que o primeiro e o segundo dia terão MUITOS acidentes. É assim mesmo! Mantenha toda uma aura de calma, tolerância e compreensão da natureza humana. Não use palavras negativas e nunca diga “OH, NÃO!”ou “DE NOVO?” ou “QUE PENA…” ao ver a criança numa poça de xixi. Simplesmente pegue a criança nos braços (o ideal é pegá-la na hora que ela tá fazendo, não depois, por isso tem que ser grude!), levá-la ao penico imediatamente e dizer “olha, sua calcinha molhou, tem que ficar sequinha. Da próxima vez fala pra mamãe quando quiser fazer xixi”.

#9. Jamais peça que a criança se sente no penico pra tentar fazer xixi ou cocô. Jamais. Nem mesmo pra ficar lendo um livrinho. Pois dessa forma, ela vai começar a ver o penico como uma punição, mesmo que ela goste muito de livros (afinal, porque ela tem que ficar sentada justo ali pra ler?).  Tampouco obrigue a criança a ficar sentada no penico no caso de você ter certeza que ela precisar ir, pois isso é uma forma sutil de coerção, que favorece a autoridade mais que o companheirismo. Prefira que ela faça na calcinha e repita pra ela o que ela deve fazer. Ela vai acabar aprendendo.

#10. Elogie, faça festa, comemore sempre. Seja um xixi perto do penico, a tentativa de fazer cocô ou mesmo uma calcinha seca por vários minutos. Eu comecei dando adesivos pra Lily, mas pra falar a verdade, ela não ligou muito e somente a comemoração a cada vitória dela bastou pra manter ela motivada.

#11. Jamais ofereça adesivo (ou outro prêmio) em troca pelo xixi ou cocô. Ela tem que fazer xixi porque está com vontade, não porque vai ganhar algo.

#12. Soneca. Não coloque fralda pra ela dormir! Faça o possível pra colocar a criança pra dormir logo após ela ter feito xixi (seja no penico ou na roupa). Normalmente as crianças permanecem secas durante a soneca, mas vale a pena ficar do lado dela enquanto ela dorme.

#13. De noite. O método pressupõe que a gente tire a fralda por completo, pedindo a criança pra fazer xixi antes de deitar e acordando ela por volta das 11 pra fazer. Com a Lily a gente deu sorte que deu certo, mas conheço muita mãe que optou por colocar pull-ups pra dormir e acho que tudo bem.

#14. O cocô – Em geral é o maior desafio pras crianças. Se a criança está com medo de fazer no penico, a dica é deixar que ela comece a fazer na roupa mesmo e carregá-la pra terminar no banheiro, jogando o cocô no vaso ao mesmo tempo que ela se senta.

#15. Não se esqueça! Em qualquer circunstancia, por mais desagradável e inconcebível que lhe pareça, trate sempre a criança com amor e consideração. Ela é pequena e está aprendendo!

 

OUTRAS OBSERVAÇÕES

– A criança deve usar roupas leves – apenas uma camiseta e a cueca ou calcinha. Não coloque vestido pois atrapalha você ver se a criança está começando a fazer xixi e complica um pouco na hora de sentar no penico.

– Ajuda se você der mais líquidos pra criança nesses dias, pois daí vocês terão mais chances de treinar as idas ao banheiro. No caso da Lily, eu dei muito no primeiro dia (suco, picolé, água), mas chegou num ponto que eu senti que ela começou a ficar frustrada, pois era um xixi atrás do outro e não dava nem tempo dela processar direito o que tava acontecendo. Então, aumenta um pouco os  liquidos, mas não tanto.

– Jamais deixe passar nenhum acidente sem que você veja e atue.

– Repetindo: Seja consistente. Seja paciente. Seja amorosa. Essa experiência tem que ser positiva pra criança!

– Do que você vai precisar: Penico(s) ou redutor de vaso sanitário, cuecas ou calcinhas (cerca de 20 a 30), lenços umedecidos, líquidos, lanchinhos (incluindo frutas, que têm muitas fibras), presentinhos (adesivos, pequenos brinquedinhos, chocolatinhos) e muito material/brinquedos/livros pra desenvolver atividades com a criança e ajudar a passar o tempo.

 

A EXPERIÊNCIA COM A LILY

Eu acho que peguei ela no momento exato, quando ela estava com a mente aberta pra novas experiências. Se eu tivesse deixado ela ficar mais velha talvez o resultado não teria sido tão rápido.

Dia 1 – No primeiro dia ela teve milhões de escapadas de xixi e em todas eu levei ela pro penico imediatamente enquanto repetia a frase desfraldante. No final da tarde ela começou a comunicar que queria fazer xixi, mas estava eufórica demais pra fazer todo o xixi de uma só vez, então fazia às prestações e muitas vezes na calcinha (enquanto pulava de emoção). A soneca foi sequinha e consegui colocar ela pra dormir logo após uma escapada grande de xixi no chão. De noite foi o momento mais tenso. O método sugere retirar a fralda por completo, então decidimos arriscar pra ver no que dava (detalhe: ela nunca tinha acordado seca na vida antes, mas por ela ser novinha, quando o “click” acontece de dia, em geral acontece de noite também). Então pra evitar o colchão molhado, primeiro coloquei um protetor plástico por baixo do lençol e levei ela pra fazer xixi por volta das 11. Ela não queria fazer de jeito nenhum, mas consegui convencê-la falando pra ela fazer um xixi-chuva pra eu ver. Ela gostou da ideia, fez, voltou a dormir, e pra nossa surpresa, acordou sequinha no dia seguinte!

Dia 2 – Foram somente dois acidentes pela manhã e o resto do dia ela fez todo o xixi no penico! Como ela já estava pedindo pra ir, nesse dia eu comecei até a pintar uma parede da minha casa que há muito eu queria! (haha, não sei ficar quieta). Não era nada que exigisse muita concentração, então funcionou. Ela estava tão bem, que no final do dia até começou a ir sozinha pro penico, sem me pedir, mas mesmo assim eu corria pra ajudar ela a se limpar e lavar as mãos. No entanto, quando o papai e o irmãozinho chegaram do passeio que fizeram, ela ficou eufórica demais e teve duas escapadas seguidas (acho que ela perdeu o foco do processo por um momento). Por isso a importancia de tentar manter uma rotina previsível nesses dias de desfralde. A soneca e a noite também foram sequinhas!

Dia 3 – Poucas escapadas de xixi e nada do cocô – eu estava começando a ficar preocupada. Durante a soneca ela fez um pouco de xixi no berço, após dormir por 1 hora. De noite ficou seca.

Dia 4 – Dia excelente com nenhuma escapada de xixi – ela passou o dia todo com a mesma calcinha. Nesse dia até cheguei a levá-la na loja pra comprar um pincel (pra eu terminar uns detalhes na pintura da parede, haha). Ela foi sem fralda e avisei que o penico estava na parte de trás do carro, então se ela quisesse fazer xixi era só me falar que eu pararia o carro. Não precisou. Esse dia foi tão bom que ela até assistiu Mary Poppins e parou pra fazer xixi no meio do filme! A soneca foi seca e no final do dia ela começou a mostrar vontade de fazer cocô, mas toda vez que sentava no penico ela ficava aterrorizada e levantava sem fazer. Até que de repente ela fez um pouquinho, depois mais um pouquinho e ficou por isso mesmo.

O cocô: foi a parte mais complicada do processo e só depois de 2 semanas é que ela se sentiu confortável pra fazer no penico. Durante essas duas semanas ela chorava muito com medo e passava o dia todo tentando, mas ao sentar no penico ela se levantava imediatamente e dizia que não queria mais. E quando finalmente fazia, era por prestações (um dia chegou a fazer em 8 partes!). Foi complicado especialmente se a gente precisava sair. Nesse meio tempo ocorreram VÁRIOS acidentes na calcinha (algumas vezes tive que jogar fora), mas assim que ela fazia eu levava ela pro vaso pra terminar lá. Num belo dia, ela disse que queria fazer cocô, meu marido a levou, pegou o violão e começou a tocar enquanto ela tentava e foi a primeira vez que ela fez tranquilamente e de uma só vez. A partir desse dia ela tem feito sempre sem problemas.

O xixi: não tem nem 3 semanas que ela desfraldou e já fizemos todo tipo de passeio de carro com ela, com apenas 1 escapada. A maior parte dos dias ela passa sem escapada nenhuma, mas eventualmente tem uma ou outra. Apenas um dia ela teve 4 acidentes no total, mas foi um caso isolado. A maioria das sonecas são secas e as noites também, e se de vez em quando acontece um acidente, e tudo bem, faz parte.

CONCLUSÃO SOBRE O DESFRALDE DO NIC

Eu nunca vou saber se esse método teria sido ou não eficaz com o Nic, mas sinto que sim. Eu só comecei o desfralde dele quando ele já tinha completado dois anos e meio, mas me lembro que por volta dos 2 ele começou a apresentar interesse em tirar a fralda. Nessa época, eu analisei a lista de sinais de que indicam se a criança está pronta ou não, e achei que ele não estava, então resolvi esperar (que pena!). Quando por fim eu comecei, eu perguntava a ele com frequencia se ele precisava fazer xixi e a resposta era sempre “NÃO”; então eu ficava inventado formas de convencê-lo a ir ao banheiro. Ou seja, fazendo isso, eu não deixava que ele percebesse os sinais do seu corpo, pois quem estava liderando o processo era eu, não ele. Além do mais, eu estava sempre pedindo a ele que se sentasse no penico e tentasse fazer xixi. Ali sentado a gente lia livros, cantava músicas e inventava histórias, até que chegou num ponto que ele tomou birra de tudo por completo. Ele odiava o penico, os livros sobre penico, e todo o processo de desfralde. Se eu pudesse voltar no tempo, faria tudo diferente, com certeza.

PS: Eu escrevi tanto e mesmo assim faltou falar muita coisa. Se você quer ler o método em detalhe, vai nesse site aqui, onde a apostila está à venda (em inglês). E não, a mãe que escreveu esse método não está me pagando pra fazer propaganda pra ela. Na verdade ela nem sabe que eu existo. 🙂

PPS: Se tiver dúvida, pode me perguntar à vontade, que se eu puder ajudar, eu respondo nos comentários.

Anúncios

121 pensamentos sobre “O post gigante sobre o desfralde relâmpago da Lily

  1. Adorei essa técnica! Super decente! Eu sempre penso em como será o desfralde do Thomas, já que minha mãe insiste em dizer que p meu foi fácil e tal…. Adorei mesmo sua técnica!

    Bjoks

    • Sim, super decente mesmo! De repente vc aplica a técnica junto com sua mãe. Só têm que ser consistentes e sempre fazer igual.

      Beijo e obrigada pelo comentário!

  2. haha! me animou tambem! é que agora nao é um bom momento pra isso porque teremos uma longa viagem pela frente, mas quem sabe logo que as coisas se estabilizarem, eu tento. principalmente se a casa nova estiver vazia e…. sem muita coisa pra fazer nela! 🙂 com o meu mais velho foi novela, a segunda foi treinada pela escola, e o tereiro está com 22 meses exatamente agora. No entanto, tenho que lembrar que a elena foi desfraldada com 24-25 meses, pela escola, sem me avisarem (eu tinha acabado de ganhar bebe) , usava calcinha na escola, fralda em casa, e nao ficou uma crianca confusa por causa disso nao… Mas vou ler esse metodo aí, com certeza.

  3. ah!! agora vem a má noticia: chato é levar menina fazer xixi em banheiro publico. espero que aí os banheiros sejam melhores que aqui, porque, sem “torneirinha”, ela sempre vai precisar sentar no vaso… 😦

    • Mari, na primeira semana eu segurei ela de cadeirinha encima do vaso, mas depois eu achei uma proteção de plástico, um negocio dobrável que dá pra levar na bolsa. Aqui os banheiros públicos nao são tão ruins, mas nao da pra confiar… Vai saber se quem sentou ali antes tem uma doença ou algo assim, ne? 🙂

      E tenta o método mesmo, pois comprovei que realmente funciona. Se eu tivesse outro filho faria tudo de novo com certeza. Foi sem trauma nenhum! 🙂

      • Lu, to animada mesmo pra tentar! Mas depois eu fiquei pensando nisso ao longo do dia e… esse método não te soa como, perdoe-me, um “adestramento”? Fiquei pensando que é meio o cachorro do Labov, sabe?, um metodo de condicionamento… preciso ler o livro. deixa eu me assentar na casa nova priemiro, ne? melhor…

        • Mari, eu acho que isso é questão de semântica… A propria expressão do inglês “potty training” já faz a gente associar o processo com “adestramento”, não?

          Mas quando você adestra um cão, você está impondo um comportamento que vai se tornar automático pra ele… No caso do desfralde, eu chamaria talvez de “awareness”, pois é uma habilidade que a criança já tem, mas que você vai ajudar a despertar nela e a tornar consciente.

          E se for mesmo um condicionamento, então eu diria que é um condicionamento do bem, pois é algo que não deixa traumas (pra nenhum dos lados), é feito com amor e carinho (bem melhor que conduzir um desfralde por semanas ou meses com risco de muito choro e stress) e em poucos dias você tem uma criança feliz, independente e limpinha. 🙂 A gente só ajuda a fazer a ficha dela cair de forma mais rapida, sem correr o risco de ficar meses (ou anos) lendo livrinhos ou tentando mostrar pra ela que o coleguinha já faz tudo no banheiro e que de repente é uma boa ideia ela fazer igual.

          Se vc tentar me conta, ta?

  4. Que legal, Lu! Sucesso total! Parabéns pela sua paciência e à Lily por essa conquista! ❤️❤️❤️

    • Obrigada, Barol! Nem da pra acreditar, depois da saga com o Nic (que vc acompanhou!). Qdo a Lily nasceu, umas das primeiras coisas que pensei foi “Putz, agora tenho outro pra desfraldar! “, tamanho o trauma! Hahaha

      Mas deu tudo certo! Que bom! 🙂

  5. mto bom o post! estoamos no 5 dia do desfralde com o meu filho de 26 meses usando o mesmo método, mas ñ comprei o livro apenAs fiz mtAs pesquisas online… amei todos os detalhes que vc descreveu! parabéns !!

  6. Vou tentar as suas dicas dona Lu pq aqui só encontro resistência. E a menina tá mais que pronta, acorda seca, faz xixi no vaso de manhã mas o resto do dia resiste bravamente a idéia de ficar sem fraldas. Acho que o problema está mesmo em quem lidera o processo, vou mudar a frase . Um beijo e um queijo (Minas claro!) 😀

    • Livi, tenta mesmo! Mas como ela já está resistente, melhor dar um tempo de 1 mês antes de tentar uma nova abordagem.
      Boa sorte pra vc, depois quero saber se deu certo!!!

      Lu

  7. Olá, que bom que o desfralde foi tranquilo! Parabéns Lily!
    Com o Lorenzo eu decidi que seria ele a se desfraldar, dei o controle do “quando” para ele.
    Comprei dois livros para crianças sobre desfralde. O “Potty” da Leslei Patricelli e “Il vasino del Pirata” do M. Williamson.
    Lia para ele de vez em quando, coloquei junto com outros livros… de boas…
    Com dois anos e 9 meses , um dia sentou no penico (que ficava no banheiro até então como decoração) e disse que queria fazer cocô como o pirata do livro. E fez! Eu nem acreditei! Mesmo assim fiquei de olho para ver se era realmente o momento…
    Com 2 anos e 10 meses começou a ir a escola e resolvi perguntar se ele queria usar cueca que nem alguns amigos. Disse que sim e aí começamos. Eu dei vários adesivos e colamos uma cartolina na porta do banheiro, cada vez que ele fazia ele colava um adesivo (ou 3 como aconteceu várias vezes).
    Posso dizer que hoje (com 3 anos e 2 meses) escaparam alguns xixis, mas não mais que 3 cocôs (desde o 1o dia do desfralde).
    O que me ajudou muito foi que desde uns 2 anos e meio ele acordava sempre com a fralda noturna seca, então só escapou xixi a noite uma vez, depois dos 3 anos pq tinha bebido muito suco em uma festa 😉

    Acho que cada família tem o seu “esquema” e vale o que cada um se sente melhor fazendo. Eu segui meu instinto e dei sorte, quero ver quando for com a minha filhinha 😉

    Beijos

    • Marina, que coisa mais fofa esse seu menininho, benzadeus! Nota 10 em interpretação de texto, viu? 😀

      E observando esse vasto mundo de crianças desfraldantes, eu acho que existem dois tipos de desfralde de sucesso: aquele que acontece no tempo certo e é a criança que determina (também conhecido como desfralde de novela) e aquele que também acontece no tempo certo, mas a criança não é consciente disso. Percebo, que muitas vezes, a gente fica esperando esse momento mágico que o filho vai pedir pra parar de usar fralda (como o seu menininho!!!) e pra muitas famílias esse dia nunca chega – ou se chega, é super tarde.

      Eu fico feliz que a Lily tenha respondido tão bem ao método. Por isso achei que tinha o dever de compartilhar!

      Tem coisa melhor que olhar pro lixo do banheiro e não ver nenhuma fralda? 🙂

      Beijo, querida! Obrigada por contar sua experiencia!

  8. Que demais Lu! Eu já estava achando o máximo o desfralde da boneca, ri alto aqui com a seringa fazendo as vezes do xixi!
    Já esse método eu nunca ouvi falar, me pareceu revolucionário!! rss!!
    Quando eu desfraldar segundinho, a longos anos-luz de hoje, acho que vou tentar! 🙂
    bjos!

    • Sarah!!!

      Pois se bem me lembro, com o Bento foi bem tranquilo, não foi? Esse metodo é bom mesmo, mas tenho certeza que o segundinho (noticia mais linda, gente!!!) já vai vir com o gene desfraldante evoluido! Senão, vc tem uma carta na manga.

      Beijos e parabéns pela gravidez!!!

      Lu

  9. Estava ansiosa por esse post!! Meu filho mais velho – que tbm se chama Nicolas (nome lindo né?!?!) – completou seus 2 anos desfraldado. Foi um desfralde super tranquilo e relampago tbm, em uma semana. Mas eu queria ver o metodo pois já estou pensando no próximo (me caculinha Benicio que tá com 4 meses).
    Hoje ao ler o post, vi que eu havia seguido esse metodo instintivamente. Fiz exatamente assim, exceto na parte de perguntar se ele queria fazer xixi, eu perguntava algumas vezes. Mas gracas a Deus, no fim deu tudo certo!
    Agora é esperar pelo proximo desfralde!! #Oremos!

    • Deus benza essas criancinhas que desfraldam tão cedo e essas mães instintivas. Tenho esse instinto todo não, Herica! Tive que ler algo pra minha ficha cair! hahaha

      Parabens pra vcs! Certamente o proximo vai ser sucesso também! 🙂

      Beijos pra vc!!!

  10. Oi, Lu!
    Quero dizer que estou tentando, mas olha…. cansa! Enfim, meu Bernardo tá com exatos 22 meses e 2 vezes nesse mês disse “não té mais fralda” , tirando a bendita (pull up).Achei que tava na hora de tentar. Primeiro dia… Boa sorte pra mim!!

    • Então larga essa internet, Ana!!!! hahahaha
      Muito boa sorte com o desfralde dele! Que fofo ele pedindo pra não usar mais fralda!!!! Nunca ouvi isso da boca de nenhum dos meus filhos! 🙂
      Depois volta pra me contar?
      Beijos!!!!

      • Huahuahua! Não, Lu, escrevi durante a soneca dele, deitada do ladinho dele na cama protegida com plástico…
        É super fofo ele pedindo “ota cueca” quando escapa um xixi, mas pra falar a verdade no fim do dia eu ja tava suuuuper cansada e desanimada pq n teve uma só vez que ele pediu. As únicas vezes que demonstrou sentir o xixi vindo foram as duas últimas do dia, mas n pediu, apenas segurou o piu piu e me olhou desconfiado. Nem tive como deixá-lo sem fralda durante a noite, ta dormindo de fralda. Tô com medo do dia de amanhã, Lu!!

        • Ana, a mulher que escreveu o método falou que um dos filhos delas só começou a pedir no final do terceiro dia! Então paciencia! Continua perseverante e consistente sempre, não desanima, pois a fichinha dele vai cair! Ainda mais que ta pedindo até “ota cueca”!!! A gente, que coisa mais fofaaaa!!!

          Tô aqui torcendo por vocês, viu?

          Beijos!

  11. Parabéns pelo sucesso no desfralde da Lily! É uma fase que toda mãe tem pavor, né? Mas acaba acontecendo, cedo ou tarde. Sabe que nem lembro mais como foi com Alice? Porque a Laura foi desfraldada ainda no Rio, quando ficava com a minha mãe pra eu trabalhar.

    Tão bom não precisar mais de fralda em casa, né? Uma nota etapa na vida da família! 🙂

  12. Lu, vc é uma mae por excelência !!! Eu q acomp um pouco a saga do desfrald do Nic,(fazendo o q não devia ) kkkkkkk Vejo as vitórias q vc alcançou c/ a Liloca !!! Parabéns !!!!!

    • Mamãe!!! Que emoção um comentário seu aqui!!! Nossa, vc foi parte essencial no desfralde no Nic, lembra? Chegou numa hora que nenhum de nós dois agüentávamos mais. Daí vc veio e pimba! Com uma outra abordagem conseguiu desfralda-lo. Pena que ele regrediu depois que a Lily nasceu, mas tudo bem, já passou! Agora, com a Lily eu tava morrendo de medo dela seguir o mesmo caminho. Ainda bem que nao! To feliz demais! 🙂

      Beijos pra vc e obrigada pelas palavras! ❤

  13. Santaaaaaa!!!!!!

    Segui seus conselhos e essa experiência!! Consegui desfraldar meu filho em dois diasssssssss!!!! Tá, que ele tem 3 anos e meio….mas estou super feliz por ter dado certo!!!! Estamos todos orgulhosos inclusive o pequeno que foi promovido a garotão!!!
    Um grande abraço,

    Thaís

    • Ahhhhhhhhhhh! Que legal! Que legal! Funciona MESMO, ne Thais? Parabéns pra vocês pela grande conquista!!! Obrigada por me contar!

      Beijos!

  14. Só tenho uma coisa a dizer: quase morro de ri.

  15. Tenho um filho que esta com 2 anos e 9 meses ele ja faz xixi no vaso a noite antes de dormir faz xixi e acorda seco , so que durante odia ele qdo quer fazer coco pega a fralda so faz na fralda ou na roupa não sei oque fazer mais ja comprei assento do vaso mas se recusa em fazer no vaso ele ainda tem dificuldade pra se comunicar fala pouco ,por favor me da uma dicas.

    • Oi Cristina! Desculpa que não respondi antes. Deixa ele fazer o cocô na fralda ou na cueca! Mas pra isso, você precisa estar por perto toda vez que isso acontecer. Assim que vc ver que ele está fazendo, pega ele no colo e leva ele pro vaso *imediatamente*, jogando o cocô lá dentro ao mesmo tempo que você senta ele. Eu fiz isso com a Lily no inicio e com o tempo ela foi pensando que estava mesmo fazendo no vaso, pois via o cocô lá dentro. Demorou umas semanas, mas ela perdeu o medo de sentar pra fazer cocô.

      Se não funcionar, sugiro suspender o processo por um tempo e retomar seguindo o metodo que descrevi no post. Eventualmente ele vai perder o medo. E não se esqueça de comemorar cada pequena vitoria dele e nunca ficar brava se ele pedir pra fazer na fralda. Não crie expectativas demais, afinal, ele já está fazendo um bom trabalho com o xixi, ne? 🙂

      Beijos e boa sorte!

  16. Vou tentar com a Mari!! Ela começou o desfralde sozinha semana passada, estávamos indo super bem, dois dias, inclusive à noite, ótimos, e foi só ela ir para a creche que a coisa degringolou… começou a segurar o xixi o dia inteiro na escola!!! Chorava ao ser levada ao banheiro!! Começou a fazer pela casa inteira e cocô no banho. Aí acordou hoje e me pediu a fralda. Coloquei e ela voltou a ficar tranquila. Vou dar um tempinho para ela e voltarei com essa abordagem da boneca que ela ama!!

    • Carol, eu acho que o que você tá passando com ela é super normal de acontecer. Estes “set backs” acontecem mesmo quando a rotina da criança muda drasticamente. Aqui aconteceu quando a Lily nasceu. O Nic demorou muito pra desfraldar, mas desfraldou. Daí a irmãzinha nasceu e tchan nan! voltou a fazer tudo na cueca o dia todo. É super frustrante!!!

      Mas você tá agindo certinho. Eu também suspendi o processo por um tempo (cerca de um mês) e depois que ele já estava mais acostumado com a irmã em casa e a nova rotina, retomamos o desfralde e tudo correu bem e rapido.

      Tenta sim, a abordagem da boneca quando vc sentir que ela está pronta! Vou ficar torcendo!!

      Beijos pra vc!

      • Estamos indo bem, praticamente sem acidentes mais, o problema é que agora a Mari quer ficar pelada e não quer colocar a calcinha!!!!! Uma figura essa minha filha! Fomos numa festa na casa de uma amiga e a criança correndo pela casa pelada, sentando no sofá! Queria morrer!! Ela recusa fralda e recusa calcinha!!

        • Ai Carol, que situação!!! Essas crianças inventam cada uma, hein? hahahaha

          A Lily ameaçou fazer isso, mas com ela não durou nem um dia pelada. Assim que eu mostrei pra ela que a mamãe usava calcinha e que era legal usar, ela topou vestir. Vai mostrando pra ela que você, o papai, as outras crianças usam calcinha e cueca… Compra umas calcinhas diferentes talvez, pra incentivar? Imagino que vc ja deve ter tentado varias coisas, mas continua insistindo que certamente é uma fase.

          E caso não dê certo, considere se mudar pra uma colonia nudista! hahahaha Se não consegue muda-la, junte-se a ela! 🙂

          Beijos e boa sorte!

  17. Lu!!! Que maravilha essa técnica! Vou te dizer que estava esperando o Gui desfraldar quando quisesse (ele já tem 3 e meio), mas pela demora achei que tinha que intervir. Daí li teu post, memorizei tudo e tava esperando o verão pra poder aplicar. Moro na serra gaúcha e há pouco aqui estava bem frio. Não é que semana passada o menino resolve tirar a fralda antes de dormir? Arrancou e disse “não quero mais usar isso!”. Lembrei do teu post e já comecei o desfralde naquela noite. No outro dia teve dois vazamentos de xixi, no segundo dia também. Todos os dias pediu para fazer cocô no vaso, por sorte até hoje continua assim. Quase duas semanas depois nunca fez nas calças. E só faz xixi na cama quando encasqueta que não tá com vontade antes de dormir. Aí eu te pergunto, tu fala que acorda ela lá pelas 23h pra ir ao banheiro… só que ela vai dormir que horas? Quanto tempo depois de dormir é pra levar ao banheiro? E precisa ser sempre? Outra dúvida… até quando a frase desfraldante precisa ser dita? Nos primeiros dias acho que falei umas 4564545456 vezes. 😀 Sinto que não preciso mais dizer, mas volta e meia me pego falando.
    Agora no verão vou usar a técnica com o mais novo (1 ano e 10 meses) que já tá louco pra imitar o irmão. 🙂
    Preciso te agradecer muito, muito por ter compartilhado este post! Tu não imagina o quanto nos ajudou e o quanto foi tranquilo o desfralde por aqui com essa técnica. Sempre ouvia horrores do desfralde que tinha até medo de quando chegasse a hora! E foi tudo com muito amor e respeito. Ele tá feliz com a conquista e nós muito orgulhosos 🙂 Beijo grande!

    • Cris! Que noticia boa, menina! Adorei saber!

      Respondendo às suas perguntas:
      1. A gente sempre levou as crianças pra fazer xixi por volta das 23, pois elas dormem entre 20 e 20:30. Ou seja, cerca de 2 a 3 horas depois que dormem. Mas pra nossa grande surpresa, não tem sido mais necessário pra nenhum dos dois! Estamos evitando liquidos pra eles 2 horas antes de dormir, eles fazem xixi umas duas vezes nesse meio tempo e os dois têm acordado secos de manhã (exceto os dias que se recusam fazer xixi de noite – obvio que sempre rola!).
      2. Eu falo a frase desfraldante até hoje, acredita? Acho que peguei o costume! hahah Mas é que toda vez que eu pergunto se ela quer fazer xixi a resposta é não (mesmo quando ela quer). Outra coisa que tenho feito é dizer “vão lá fazer um xixi golfinho (ou baleia, ou comprido igual girafa, etc)”. Eu sei que não faz nenhum sentido, mas ela AMA e fica toda empolgada. Já fez xixi de tudo quanto é bicho e continua fazendo! hahaha

      No mais, fiquei feliz mesmo em saber que te ajudou! Essa técnica foi me passada por uma amiga aqui e serei eternamente agradecida à ela também! Eu tava tão traumatizada com o desfralde do Nic e se pudesse voltar no tempo, tenho certeza que o método funcionaria com ele também. 🙂

      Beijo pra vc e parabens pelo seu menininho desfraldado!

  18. Obrigada querida!!! Gui parece que nunca usou fraldas na vida de tão a vontade que está sem elas! Virou obrigatório fazer xixi antes de dormir e quando acorda, como escovar os dentes, então vai a noite toda sequinho. Tô indicando teu post pra qualquer pessoa que esteja pensando em desfralde. 😀 Beijoca!

  19. Cá estou eu pesquisando sobre desfralde e caí aqui rs Adorei td nest post, a técnica e como foi descrita principalmente!
    Minha filha tem 17 meses e desde os 15 meses deixo-a de calcinha (comecei “cedo” por causa do livro Encantadora de Bebês, q aconselha q o desfralde comece a partir dos 9 meses)
    Em 2 meses minha filha não acertou nenhum xixi no vaso 😕, ela avisa assim q faz, mas tb não fiz um intensivão como vc disse ( cola na cria ), passo o dia limpando xixi e lavando calcinha! Ela acaba de sair do vaso e faz no chão 😈
    Será q se eu fizer um intensivão consigo nessa idade?

    Parabéns pelo blog, não deixo de ler nunca mais rs
    bjus

    • Nossa, desculpa que demorei tanto pra te responder, Ju! Acho que te respondi telepaticamente e esqueci de transcrever pra cá! hahahaha

      Bom, agora ela já está um pouco mais velha e tô curiosa pra saber como está o desfralde. De repente quando vc começou ela ainda não estava mesmo preparada, né? Por isso tanto xixi fora do vaso. Considere essa etapa como um pré-desfralde: uma preparação pro desfralde em si.

      Mas se ela ainda tem tipo muitas escapadas, sugiro esperar um pouco mais pra não traumatizar. Quem sabe até os 20 meses?

      Depois me conta com vai tudo aí!

      Beijos!!!

  20. Putz… Fiz TUDO diferente do seu método e comi o pão que o diabo amassou com o rabo! Dou adesivos, pergunto se quer ir ao banheiro… Xixi não escapa, mas o cocô nunca foi feito no penico!

    • Gabi, abraça a causa do cocô separadamente, seguindo esse método aí! Deixa a criança fazer na roupa mesmo, mas leva pro banheiro imediatamente, jogando o cocô no vaso ao mesmo tempo que vc senta ela lá. E comemora efusivamente como se ela tivesse feito diretamente no vaso.

      Aqui também demorou mais que o xixi, mas eventualmente ela perdeu o medo de fazer direto no penico ou no vaso. Ela passou meses fracionando o cocô e fazendo um pouquinho por vez ao longo do dia. Hoje em dia tá igual gente grande e faz todo dia de manhã – numa tacada só! 🙂

      Vai com fé, Gabi!!!! 😀

      E boa sorte!

  21. Oi Lu. pesquisando sobre desfralde encontrei seu post e adorei tudo que li. Tenho uma gatinha de 25 meses, a Sofia, ela tem refluxo do xixi, por esse motivo sempre me preocupei com esse momento pois ela segura o xixi. Incentivei-a a fazer bastante xixi na fralda, e dia 17 passado depois de ela estar enchendo as fraldas normalmente decidi que ela ficaria só de calcinha. Não tivemos problemas com o uso das calcinhas, a princípio dediquei uma semana para ela se acostumar a fazer o xixi sem a fralda. Tudo bem, dormia de fralda, só de calcinha, apesar de não se incomodar de estar molhada, até que dia 24 ela fez xixi, se molhou, porém pediu pano para secar. Já foi um avanço, pois eu estava ensinando a ela a me falar quando estivesse com vontade, mas imagino que ela deva ter segurado um pouco(o que não pode acontecer com quem tem refluxo), e advinha, infecção de urina. Agora lendo seu post, me identifiquei com o método e vou tentar com ela, assim que se recuperar totalmente e passar as festas de fim de ano.
    Abraços…

    • Que interessante, Mélri!!! Nunca tinha ouvido falar do refluxo do xixi!

      E certamente ela ta preparada pra ser desfraldada e vai ajudar muito ela agora estar se sentido incomodada por estar molhada! Meu primeiro não se incomodava NADA. Passava horas molhado e sujo de cocô se eu deixasse…

      Espero que ela esteja melhor da infecção! Se tentar o método, me conta como foi, ta?

      Beijos!

      • Oi Lu! A tempo quero te escrever mas o tempo anda meio curto, pois começaram as aulas e a dona Sofia me roubam um tempão(é mesmo um grude).
        Usei o método com ela e graças a Deus deu tudo certo. Ela desfraldou totalmente. Demorou alguns dias pra ela aprender a pedir pra fazer o xixi, mas conseguimos. Já o coco foi um pouco mais, imagina foi só um mês!!! Mas sabe que depois do desfralde ela não faz mais o coco todos os dias como de costume, mas sempre damos um jeitinho.
        Hoje saímos e pergunto se quer fazer xixi e ela adora conhecer todos os banheiros de meninas. Outro dia a levei ao médico e ela foi 4 vezes ao banheiro “das meninas”, e adivinha nenhum xixi. Ela adora ir aos banheiros fora de casa. Tudo bem que na maioria das vezes é só pra dar descarga ou lavar as mãos, mas o importante é que quando tem xixi ela faz.
        Obrigado pela ajuda, não imaginei que poderia ter dar certo em tão pouco tempo. Abraços. Bjo…

        • Que fofa! Obrigada por voltar e me contar! Parabéns pra ela e pra você!!! E bom que ela tenha essa curiosidade por banheiros novos, mesmo que seja só pra olhar! hahahah

          Grande beijo pra vocês duas!

          Lu

  22. Parabens por essa conquista… deixa te perguntar, quantos dias vc ficou colocando fralda na tal boneca e tal…? uns 4 dias dá?? se eu comecar hj, será que na segunda consigo começar o desfrade?? Obrigada

    • Obrigada pelo comentário, Suli! Mas por favor, segue lendo o post pra vc entender que o método da boneca não funcionou!!! O que funcionou foi o método que expliquei depois disso – ta super detalhado, por isso ficou longo, mas vale a pena ler! Muita gente que aplicou voltou pra me falar que o desfralde aconteceu com sucesso em poucos dias!

      Beijos e boa sorte!

      PS: Se quiser tentar o método da boneca, fiquei uma semana colocando fralda nela. Mas não funcionou com minha menina.

  23. Olha, foi uma bênção ter encontrado esse post na hora certa. Um dia meu filho (recém 2 anos) se arrenegou com as fraldas, revoltou-se e não queria mais colocar. Aproveitamos que era férias e estaria parte do dia comigo e parte do dia com o pai e passamos a deixá-lo pelado, assim, no feeling. Resolvi pesquisar sobre desfralde e cheguei a esse post. Foi ótimo! Não foi possível seguir o método à risca (impossível que ele ficasse 4 dias colado a um de nós dois, por exemplo), mas utilizamos algumas estratégias pontuais. Três semanas (e muitos, muitos xixis no chão) depois, hoje ele pediu pra fazer xixi pela primeira (e segunda) vez. Eu considero um super sucesso! Incrível foi que foi só começarmos esse processo que ele parou de fazer xixi enquanto dorme. São muito espertinhos, não? Muito obrigada por esse post! Estou recomendando pra todo mundo que pensa em desfraldar!
    Beijos

  24. Pingback: O desfralde do Ben | Bem Que se Quis

  25. Oiii… Nossa estou desfraldando meu menino de 2 anos e 4 meses, na verdade comecei só pq em ida a fazenda, esqueci a sacola de fraldas e fui obrigada a iniciar esse processo q eu estava adiando, pq estava c medo. E me surpreendi, pq em 4 dias, ele já estava fazendo o xixi direitinho e as escapadas foram poucas, massss o côco não trm jeito, já tentei de tudo e ele não quer saber, vejo q ele quer fazer, ele fica incomodado, mas fica prendendo, hj já estamos indo p o terceiro dia que ele não faz, e ele fazia todos os dias. Nao sei mais o q fazer…. Me ajudaa!!! Bjoss

    • Mayra, desculpa que não respondi antes! Imagino que depois de tanto tempo ele ja deve ter feito cocô, né? Porque minha sugestão seria dar alimentos que incentivem o cocô: muita fruta (que tem fibras) em especial mamão e laranja. É super normal que a criança mude toda a rotina de fazer cocô e prenda por vários dias quando se começa o desfralde. Vai haver um período de adaptação de dias, semanas ou até meses, dependendo da criança, mas ela vai aprender e regular o intestino, você vai ver.

      Boa sorte, Lu

  26. Fiquei com uma dúvida: vc espera a criança terminar o xixi e leva para o banheiro ou leva quando está fazendo? porque vai “cortar” o xixi e ficar fazendo pingado? ou a idéia é terminar no vaso?

  27. Olá Luciana,
    vim agradecer pelo post e relatar o desfralde do meu príncipe em 4 dias seguindo tudo o que vc disse.

    Há 8 meses tento desfraldá-lo sem sucesso, até que encontrei seu post e fiquei confiante. As pessoas falam tantas coisas… o que pode, o que não pode, e acaba que mais atrapalha do que ajuda.

    1º dia foi um desastre… foi xixi e coco por toda casa.
    2º dia pensei que seria da mesma forma, mas percebi que ele tinha um pavor do banheiro fora do comum. Então me deu um click e eu perguntei: “vamos fazer xixi lá no quintal??” ele sorriu pra mim e saiu correndo, foi e fez. Quando terminou ficou todo feliz, batendo palminhas e sorrindo. Foi aí que ganhei a confiança dele, e no mesmo dia ele fez xixi e coco no banheiro!
    3º dia teve umas 2 escapadas no máximo, ele se recusava a pedir, mas quando levava no banheiro ele fazia
    4º dia sucesso total!!! nenhuma escapada e ele já me pedia com sorriso enorme no rosto!

    Ouvi de muita gente pra eu não tirar a noturna, que tem que tirar depois, por que tem que acostumar de dia que bla bla bla… mas segui meu instinto de mãe e tirei. sabia que ele ia conseguir. resultado: desde o 1º dia do desfralde ele acorda sequinho.

    Essa foi minha experiência, tentei resumir ao máximo. Espero que ajude outras mães. Muito muito muito obrigada por compartilhar, eu e Samuca agradecemos de coração! :*

    • Coisa marlinda esse relato, Angélica! Amei, amei, amei! Adorei a sacada de mudar o local pra fazer xixi! Eu fazia muito isso com meu primeiro filho, mas pra ele aceitar comer! hahaha Levava ele e o prato pro quintal e ele comia que era uma beleza.
      Fico muito feliz que tudo tenha terminado tão bem! Parabéns pra você e pro Samuca!!!
      Grande beijo!

  28. Lu!! Olha eu de volta aqui 6 meses após o desfralde do Gui… Agora tô desfraldando o mais novo, o Leo. Ele tá com 2 anos e 4 meses, e há uma semana decidiu que não usaria mais fraldas. Óbvio que resolvi utilizar o mesmo método certeiro, mas tenho apanhado nas noites… Então te pergunto, a Lily ainda mamava no peito quando desfraldou? Porque o Leo mama antes de dormir, então fica com a bexiga cheia… tenho colocado despertador pra levar ele ao banheiro umas 2 horas depois mas as vezes antes disso já está molhado. E acontece também de que, quando o acordo para fazer xixi, ele pede para mamar de novo e aí mais líquido… já viu! Ando igual a um zumbi, acordando e acordando ele para não ocorrer vazamentos! Mas de dia ele tá super bem, pede toda vez tanto pro xixi quando pro cocô, bem tranquilo. Se tu souber me orientar, tô meio confusa com a noite! Beijoca em vocês!

    • Cris!!! Desculpa não ter respondido antes! Sim, ela ainda mamava, mas 1 mês depois desmamou. Ou seja, quando foi desfraldada ela não mamava grandes quantidades mais, só um pouquinho de noite na hora de dormir (cerca de 3 a 5 min somente).

      Já se passaram alguns dias desde seu comentário, então não sei se tá na mesma. Mas se ele continua fazendo xixi de noite, eu sugiro colocar pull up nele. Não chama de fralda, inventa outro nome! Cueca de dormir, ou qualquer coisa assim. Não pode ser fralda que tem que deitar pra colocar, senão na cabeça dele, ele ainda vai se ver ainda como um bebê. Tem que ser pull up mesmo, pra vestir com ele em pé. E continua repetindo a frase: “se quiser fazer xixi de noite, chama a mamãe”. Um dia ele sacar. E não se sinta mal se demorar… meu Nic só parou de fazer xixi há 1 ano… ele tem 6 (sssshhhh, não conta pra ninguém!). Não to te contando pra desanimar, mas pra mostrar que cada criança é única mesmo e as vezes pode demorar mais que as outras.

      No mais, parabéns pro Leo que desfraldou de dia! Que rapazinho!!! 😀

      Beijos!

  29. Oi querida! Tomara q vc ainda veja aqui! Sou Paula mãe de casal de gêmeos de 2 anos e 4 meses.Já viu mamãe como eu conseguir com este metodo de desfralde? Beijos!!!!

    • Ei Paula!
      Então você seguiu o método? Como foi? Grande beijo!

      • Nada Luciana…aqui em Salvador na Bahia ta inverno chovendo muito.Resolvi deixar pra depois mas eles são apegados a fralda e sei q será duplamente difícil…Beijos!!

        • Ah, agora que entendi! Olha, aqui já vi mamães de gêmeos desfraldarem com esse método sim. Uma me falou que foi mais fácil, pois um queria copiar o outro. Mas imagino que se os dois são muito apegados tem ter paciencia em dobro. Outra coisa: não te aconselho fazer sozinha não, acho que será bem complicado. Tente conseguir uma outra pessoa pra te ajudar durante os dias de desfralde, assim cada uma fica por conta de uma criança! Beijos e boa sorte!!!

          PS: Sobre ser apegado, não liga não. Lily era mega apegada e desfraldou mesmo assim!!!

  30. Oi Lu! Comecei hoje “novamente” o desfralde do Miguel que te, 2 anos e 6 meses… Estamos tentando desde janeiro deste ano e nada… Ele tem medo do penico e vaso e não se incomoda em ficar sujo de xixi ou cocô! Tenho esperança que que essa semana em 5 dias vai… Estou apostando todas as minhas fichas, risos…

    • 500 anos depois eu te respondo, né Kátia? Seu filho já deve ter 18 anos, namorando e na faculdade! hahahahah

      Espero que as coisas tenham avançado aí de Julho pra cá… Meu mais velho era assim tambem, nao se incomodava se tava sujo ou molhado. Da mais trabalho, mas se vc aplicar esse metodo, tenho confiança que dá certo mesmo nesses casos! Beijos!

  31. Oi Luciana tudo bem? Muito obrigada por compartilhar o método e os detalhes, comecei o desfralde quinta passada, e a minha filha esta desfraldada! Segui a risca, contínuo com os treinamentos no penico, agora a próxima fase e fazer que ela perca o medo do vaso sanitário kk! Sou muito grata mesmo, ela estava preparada eu não, achava tudo complicado e difícil! Um beijo grande!

    • Uhuuuuuulllll!!! Amo esses comentarios contando as vitorias! (eu li antes mas esqueci de responder)
      Obrigada por me contar! Fiquei muito feliz!
      Imagino que por agora ela ja deve ter vencido o medo do vaso, ne? Isso vai com o tempo mesmo!
      Beijos e parabens pra mocinha!!!

  32. Oi Luciana td bem?
    Adorei as dicas, minha filha tem 2 anos e 6 meses e comecei o desfralde dela a três dias, mas pelo que li estou fazendo tudo errado e o pior ela ja pegou trauma do vaso sanitário. Ela só senta no pinico se for pra jogar no celular e tive que colocá-lo na sala perto da TV dai ela se distrai e senta no pinico :(( .
    O que faço ? Ela não faz nem xixi e nem coco no piniquinho.
    Quando ela faz xixi e coco ela se sente tão mau que ela mesmo pega um paninho pra limpar
    😦
    Ainda da tempo de fazê-la a superar o medo da privada ou do piniquinho ?

    O que devo fazer? Estou me sentindo perdida.

    Obrigada , aguardo retorno.

    Bjos Simone

    • Calma, Simone! Vai dar tudo certo, ainda que ela ja tem consciencia que ta sujo e ela mesma ta tentando se limpar. Eu sugiro você voltar com as fraldas por 1 mes. Não comenta nada de penico, de banheiro, nada. Dá um descanso total pra ela. E daqui um mes, aplica o metodo que ensinei nesse post (nao a parte da boneca, ta? o que vem depois). Se ela ainda estiver com trauma, espera mais um pouco, mas aplica o método quando sentir que ela ta melhor. E sugiro não dar celular quando ela for fazer xixi ou coco, nem colocar o penico na frente da TV. Tudo isso distrai mais que ajuda. 🙂

      Beijos e boa sorte!!!

  33. Oi lu tudo bem com vc? Aq estamos na luta pro desfralde. Iniciei ontem mas estava super desanimada com tudo ate achar suas dicas. Raissa ta com dois anos e dois meses mas nao quer fazer no pinico nem no banheiro mas mesmo assim resolvi iniciar. To na duvida se é a hora certa ou nao. Não sei oq fazer. !

    • Desculpa, nao deu pra te responder antes! E aí, vc começou? Fiquei curiosa! Se estiver com muita birra do penico, não força. Dá umas férias pra ela de 1 mes e daí volta com força total no método – dedicação total. 🙂 Beijos e boa sorte!

      • Ou lu nossa emocionada de vc responder obrigada. Comecei sim ela j ta fazendo xixi no penico apesar de nao gostar muito dele mas fica feliz. cocô esta dificil ms como sei q é assim mesmo to bem paciente. Agora so estou preocupada pq ela segura muito o xixi fica muito tempo sem fazer. Dou bstante líquido pra ver se força um pouco ela a fazer mas dai ela faz muito e acaba escapando na roupa. Mas segui as suas dicas e estou muito feliz. Acabou minha ansiedade. Obrigada! Beijos!!!!

        • Que bom, Ana! Fiquei feliz em saber! Isso de segurar o xixi vai ser resolvido com o tempo… ela mesma vai aprender a regular isso. A Lily ate hoje (depois de mais de 1 ano desfraldada), ainda gosta de parcelar o cocô. Faz 3 a 5 vezes por dia quando estamos em casa, mas diminui pra 1 a 2 vezes quando passamos o dia fora. Mas um dia tudo se ajusta, ne? 🙂

          Beijos pra vc!!!

  34. Olá! Que pena que só li seu post agora! Acho que estou fazendo tudo errado, pois iniciei o desfralde da minha Glória (2 anos e 5 meses) há uma semana e já estou desesperada, desanimada, etc, não sei se continuo ou não. A pediatra dela foi categórica “não volte mais”.
    Tenho a impressão de que ela já está “pegando birra” do penico, pois quando a levo para fazer xixi no banheiro, ela pega o penico e joga longe, mas as vezes que conseguiu fazer (umas quatro só até hoje) ficou toda contente, deu tchauzinho e tudo! São milhões de escapadas durante o dia!
    De qualquer forma, vou arriscar e mudar a estratégia a partir de agora. Será que dá certo ou seria melhor dar um tempo e depois tentar novamente?
    Abraço,
    Até mais.

    • Waleska, eu nao acredito nisso de não poder voltar atras. Eu diria pra dar um tempo sim, se ela tá com tanta birra do penico. A autora do método diz que quando chega nesse ponto, o melhor é dar ferias pra criança de 1 mes (volta a por fralda, tudo como antes). E depois voltar com gas total, mas dedicada à ela, como eu fiz com minha filha. Muuuuuuito boa sorte, ta? Beijos!

  35. Que fofa! Obrigada, Ana Claudia! ❤

  36. Achei muito legal e até salvei a página para seguir as dicas. Minha filha está com 2 anos e 5 meses, não sinaliza por nada deste mundo que fará xixi ou coco e, atualmente as crises de terror noturno estão frequentes (juro que ando em um desespero monstro), então tenho medo de iniciar desfralde agora e aumentar ou criar uma ansiedade monstro nela.
    Para ajudar, tenho um bebê de 4 meses e meio que agora está saindo da livre demanda e espaçando as mamadas a cada 3 horas; fica um pouco difícil essa dedicação 100%… 😢

    • Fabiana, considerando que vc tem um bebê que ainda mama muito, eu entendo demais você esperar!!! Mas não espera muito, senão o apego pela fralda vai ser ainda maior e o processo TALVEZ seja longo. Considera aproveitar um feriado prolongado e pedir ajuda pro marido, algum familiar ou amigo e aplica o método o quanto antes, enquanto ela ainda é bem novinha. Mesmo que nao tenha dado sinais de que ta fazendo xixi ou cocô – com a minha era igual e mesmo assim deu super certo! Quanto ao terror noturno, o meu mais velho teve ate os 6 anos mais ou menos… sei como é. Mas eu nao adiaria o desfralde por causa disso nao. 🙂 Se tentar, me conta, ta?

      Beijos!!!!

  37. Minha filha Laura tem 1 ano e 8 meses, novinha para o desfralde , porém , não tem alegria maior para ela do que ficar correndo sem fralda pela casa, e na hora de colocar a fralda faz uma gigante guerra , sera que esta na hora do desfralde ? vamos viajar dia 25 para praia , pensei em aproveitar a viagem para o desfralde , pois estaremos juntinhas e com mais duas amiguinhas que ja não usam fraldas , me identifiquei com seu post, pois na semana passada compramos uma bonequinha que da mama (água) e aperta a barriguinha ela faz xixi no pinico, compramos para o incentivo..

    • Ah, eu aproveitaria SIM! Eu tenho uma amiga que desfraldou uma filha com 16 meses e a outra com 18 e deu super certo! Se a sua ta demonstrando tanto agora, vai fundo que eu acho que ela vai desfraldar rapidinho sim! Boa sorte!!!

  38. Oi Luciana!! Que bom que achei esse texto sobre desfralde…aqui estou na primeira pausa, rsrsrs, pq tentei semana passada e foi um desastre total, então fui pesquisar e vi que estava fazendo tudo errado, meu filho que tem dois anos estava ficando traumatizado de tão envergonhado que ficava quando fazia xixi, e confesso que a culpa foi minha, vou esperar até semana que vem, comprar um penico, porque o vaso é muito alto e limita muito o acesso da criança e tentar de novo seguindo suas dicas!!! Obrigada por compartilhar!

  39. Oi Luciana! Confesso que não conhecia o teu blog até agora… Mas adorei este relato! Queria mto tirar a fralda do meu filho de uma vez, mas raramente acho relatos positivos disso. E é o primeiro filho, aquela insegurança… Mas super me animei!! Agora vem o problema: ele completa 31 meses daqui a 12 dias. Você acha que ainda rola??
    Parabéns, e mto, mto obrigada!!

    • Dani, se eu fosse vc tentava sim! Vc não tem nada a perder – esse método é super respeitoso e efetivo. Só recarrega duas doses de paciência pois pode ser que seja mais desafiador por ele ser mais velho e apegado às fraldas – ou talvez não! Tenta e me conta, fiquei curiosa! 🙂 Beijos e obrigada!

      • Lu (me sentindo íntima só pq repondestes ao meu comentário, hehehe)!! Nem acredito que respondestes tão rápido! Mto obrigada pelo carinho do retorno. Torça por nós dois (mamãe e filhote desfraldante) porque depois deste incentivo aplicaremos “O Metódo” a partir de amanhã! Fiquei com uma dúvida: a ideia é não sair de casa – ou quase isso – durante todo o período? Nem uma “idazinha” por 1h à pracinha que fica em frente do prédio, por exemplo? Desculpa abusar com mais uma pergunta, mas é que sou chata em tentar seguir à risca as regras e instruções… Um beijo e, novamente, obrigada pela força!!!

        • Pode chamar de Lu mesmo! 😉

          Eu não recomendo não, pois tira a concentração dele e a sua. Tem que seguir a rotina menos agitada possível, pra ambos ficarem atentos aos sinais. Sugiro ir na pracinha so qdo ele já tiver entendido o processo e sacou que xixi e coco é no penico (mesmo se tiver escapadas, mas que ele esteja consciente que era pra ter ido ao penico). E qdo for sair, leva o penico na bolsa hahahaha (não to brincando)! Espero que tenha um pequeno 🙂

          Beijos, boa sorte e fica quieta em casa!!! Hahahaha

          • Fechado!! Vamos ficar em casa… Espero voltar com boas notícias em alguns dias. Mto obrigada mais uma vez! Beijo,

  40. Olá Lu,
    Uma amiga me indicou este método e procurando mais informações achei seu blog. Tinha visto q nestes primeiros 3 dias é necessário deixar a criança só com a parte de cima da roupa e sem nada embaixo. Vc não fez isso, né? Fiquei preocupada da minha filha sentar no chão ou em outros lugares sem proteção mesmo que em casa. Daí tb vi que qdo levar a criança pra passear deve-se usar roupas largas sem calcinha pra ela não relacionar com a fralda. Vc acha necessário? É por último, vc usou as calcinhas de treinamento no início?

    • Oi Renata! Eu deixei de calcinha durante todo o processo e não atrapalhou não! Pra sair: roupas normais. Nunca usei calcinha de treinamento com ela (mais confunde que ajuda!). Beijos e boa sorte!!

  41. Como prometido (apesar de demorar um pouco mais do que alguns dias – sorry!), voltei para agradecer por tudo! Conforme o “combinado”, naquele dia 30 de janeiro dei início ao desfralde do Bento, seguindo o método por ti utilizado e compartilhado tão carinhosa e acalentadoramente. E deu suuuper certo! É claro que o primeiro dia foi quase desesperador, bem trabalhoso, mas no segundo dia já havia sinais de progresso, e assim foi indo, dia a dia. O Bento rapidamente aprendeu os sinais que o corpo dele dava quando precisava ir ao banheiro, e logo estava indo sem nem sequer me chamar. Os escapes noturnos ocorrem cada vez mais espaçadamente, mas sigo levando-o para fazer xixi 1 vez a noite. Só posso dizer que foi uma bênção de Deus ter encontrado o teu relato aos 45mim do segundo tempo! Tudo o que eu precisava! Muito, muito obrigada Lu! Posso, com mta alegria e orgulho, dizer que o desfralde aqui em casa foi feito com respeito e cumplicidade, sem traumas. E é tudo graças a vc, Lu! Que Deus a abençoe! Um gde beijo!
    Obs: coragem mamães! Somos a prova de que o desfralde simultâneo diurno e noturno pode ser feito de maneira tranquila e mto em sucedida!
    Obs2: há poucos dias fui “obrigada” a ostentar frente a algumas mães de colegas do Bento, que fizeram no desfralde diurno e agora estão penando com o noturno… (Muita) Sorte a nossa ter te encontrado!

    • Sim Daniela, pode sim. Desfralde total é um show ! kkkkk… Para mim deu certo sem trauma com meus três filhos. Alguns me criticaram, por eu desfraldar todos aos 21 meses, porém, o pediatra do meu mais velho Dr. Angelo Gioielle Neto, me disse que mais cedo era melhor sob alguns aspectos, então me joguei de cabeça. Não me arrependo, de maneira lúdica, com amor e com persistêcia a gente chega lá !! Meu caçula tem agora exatos 2 aninhos, agora quer imitar os irmãos, sair do penico e ir para o vaso… vamos ver, vamos ver !!

  42. Querida Lu, em primeiro lugar quero agrdecer imensamente por compartilhar sua experiência. Eu já andava com vontade de iniciar o desfralde, mas não encontrava material que me incentivasse com ela tão novinha, e eu que já estava insegura, travei!
    E foi aí que encontrei este tesouro de post que foi o empurrãozinho que eu estava precisando. Mais uma vez, obrigada!
    Minha pequena está com 1 ano e 11 meses e estamos no segundo dia, sem tantos progressos como no seu relato e eu fiquei com algumas dúvidas:
    * Eu devo repetir a “frase desfraldadora” somente na hora em que ela estiver fazendo o xixi ou repito de tempos em tempos pra relembrá-la?
    * Ela começou a segurar o xixi (por bastante tempo, inclusive), e às vezes dá umas escapadinhas e fica apavorada. Até aí tudo bem, acredito que seja parte de processo. O problema é que até eu chegar com ela no banheiro e abaixar a calcinha ela já fez tudo ou já conseguiu segurar de novo e quando senta no troninho não faz nada. Ela até já pediu duas vezes pra fazer xixi, nas senta no troninho e não faz.
    * Outra coisa, eu a coloco no troninho e uns 10 segundos depois ela já está dando os bracinhos e pedindo pra sair. Eu sempre tiro, por causa da questão dela não associar o troninho com castigo e tal, mas a verdade é que fico super em dúvida se é o correto. E quase sempre, 2 minutos depois de tirá-la ela faz a maior poça no chão!!!
    Querida, se você puder me ajudar vou ser eternamente grata (mãe de primeira viagem é o desespero em pessoa, kkkk).
    Beijo Lu! E um chêro nas quiança!!!

    • Desculpa! Queria ter respondido antes mas não consegui! Sim, repita a frase sempre, a qualquer momento, mil vezes por dia hahaha
      Super normal segurar e fazer fora do penico. Ê que o click completo ainda não aconteceu. Por isso tem que grudar nela e no momento que ela começar a fazer xixi no chão, carrega ela pro penico falando a frase. Isso mesmo, não força ela a ficar no penico não! Continua insistindo que ela vai entender! Beijos!!!

  43. Muito, muito bacana. eu só tenho boas experiências com o desfralde. Li muito a respeito. Tenho um trio, 13, 8 e 2 anos. Os meninos desfraldados por completo, sem escapes, cocô, xixi e diurno em mais ou menos 15 dias. Não gosto de desfralde parcial, para mim confunde a criança. Faço desfralde total. No dia em que decido começar o desfralde, sumo com todas as fraldas de casa, para nem cair em tentação e “vambora”. Minhas técnicas são +ou- parecidas com as que você usou. O lúdico ajuda muito nesse momento. Então aos 21 meses os meninos já estavam desfraldados. Quanto a menina… ah, isso foi um paraíso, dos 20 para 21 meses, fui com ela comprar o penico e as calcinhas, e vim conversando sobre o assunto das fraldinhas. Cheguei em casa, tirei as fraldas, mostrei o penico. Pronto !! Sozinha, ela ia ao penico, só pedia ajuda para abaixar a calcinha, vinha atras de mim e me avisava que queria xixi ou coco. A noite… só acordei umas duas vezes para oferecer o penico e daí pronto… e um único dia, desfralde completo. Ganhei na mega kkkk. Trabalho zero. Ninguém acreditava. Mesmo sendo um caso totalmente atípico, fazer a criança participar e brincar faz toda a diferença. Eles são muito concretos ainda nesta idade, então toda a brincadeira é bem vinda. Gostei muito do texto, ou textão como você chamou !!! Abraços.

  44. Oi Luciana..eu estou tentando desfraldar minha filha de 2 anos e 2 meses..hoje foi o primeiro dia e o resultado foi negativo…todas as vezes q ela fez xixi foram na roupa ao total 12 vezes..😢
    Vou tentar com seu metodo..

  45. Oiiii procurando sobre desfralde cheguei aquiii!
    Bom,tenho um menino de 2 anos e 5 meses,e estou tentando o desfralde a quase um mes 😦 e nada..
    Maaas daquele jeito, perguntando, ele diz q nao, levo ele no penico ele faz birra, pede a Fraldinha e faz la 😦
    Mas agora que li esse metodo (adoreeei rss) vou tentar no proximo findi (pois a semana é muito corrida).. e como ele nem quer mais sentar no penico, vou dar esses dias de tempo pra ele!!
    E como ja esta super quente vou aproveitar!!
    Depois volto aqui pra contar!!!
    Bjoos e obgda por compartilhar !

  46. Não acredito que minha intuição de como desfraldar minha filha estava certa e eu vacilei! Iniciei o desfralde no sábado, até segunda fiquei o tempo todo com ela, de terça para quarta ela ficou na minha mãe e a partir daí a coisa desandou! Chora desesperadamente qndo faz xixi e não quer de jeito nenhum banheiro ou penico! Acredito que minha filha tenha entendido que não é para fazer xixi ou coco! Estava indo lindamente. 😭

    • Ai que saco que aconteceu assim! Dá um tempo pra ela, de algumas semanas a um mês e volta com essa método que usei na minha filha (e que era sua intuição de mãe!), que eu tenho certeza que vai dar certo! Boa sorte, ta?
      Beijos!

  47. Iniciarei esse metodo dps de amanha, minha filha tem 1a8meses e resolvi tentar..aproveitar o calor. Ja havia tentado antes mas foi um desastre, a distraia p ficar no pinico, com tv, com celular, com historia com tudo aff era mto cansativo, ainda mais q a maioria das xs n resolvia e dps de quase plantar bananeira era xixi na roupa aff..ai achei seu post eeeeeee. Esperei por 3 semanas e vou tentar novamente, antes de tomar banho ela sempre faz no vaso (bonitinha). Dps volto para contar. Bjus e obrigada por compartilhar

  48. Oi! Estamos no terceiro dia por enquanto com quase nenhum progresso diurno, mas noturno ela fica sequinha, na primeira noite a levei 2 hs dps que dormiu, mamou dormindo as 5:30, 7:30 e nada de xixi, somente as 8:30 no chao. Segunda noite fiz o teste e levei tres horas depois e estava ok, fez, mamou varias xs e so fez no chao qdo acordou as oito e meia. Um fato curioso é que essa noite ela nao queria dormir de jeito nenhum e pediu 486 xs para fazer xixi, coisa que nao tinha pedido nenhuma x, a primeira ate fez mas as outras foi so para enrolar pra nao dormir, ou seja, ela sabe pedir direitinho, o problema é ela kerer parar de brincar para ir ao banheiro, tenho tanto o redutor como o penico, as xs o penico esta na frente dela e ela nao senta. Ja tentei dar adesivo, chocolate, jogar agua colorida (funciononu duas xs, ela pediu e fez) mas agora a tarde nada, todos inteiros no chao. Nao sei como deixar a “brincadeira” de ir fazer xixi mais divertida. Agora deu de nao kerer mais usar calcinha.

    • Aline, se ela ja pede pra fazer xixi de noite, ja é um otimo sinal. E que fofa ela ficar sequinha de noite! ❤

      Bom, eu continuaria ali do lado dela O TEMPO TODO pelos proximos 2-3 dias (algumas crianças demoram mais mesmo e como ela ta muito novinha, talvez tem que ter mais paciencia). A chave pro processo dar certo é você estar presente no momento da escapada e imediatamente pegar ela no colo falando "tem que fazer no penico, fala pra mamãe quando quiser fazer xixi". Exaustivamente! Se ela não quer mais se sentar no vaso, de repente tentar segurar ela acima? Não sei… E se não der certo, tenta não estressar, não perder a paciencia hora nenhuma, pois ela ta realmente bem mais novinha que o esperado pro método funcionar. De repente, espera mais alguns meses (não tem o menor problema voltar a colocar fralda se necessario e voltar daqui 1 ou 2 meses). Beijos!!!!

      • Eu descobri que na verdade pra ela é chato ir ao banheiro sabe? Pq ontem montei um eskema p ela alcancar a privada e a pia sozinha e ela ficou hiper animada em poder lavar a mao sozinha, eu estava tomando banho e de repente qdo olho ta la minha mocinha sentadinha no vaso ate com a calcinha abaixada fazendo xixi sozinha. Hj no supermercado ela tava dando o sinal que tava apertada e levei ela no banheiro la msmo e fez..qdo é novidade ela faz. Gostei da ideia de segurar ela no alto..vamos ver..eu estou achando que vou ter que leva-la de tempos em tempos, pq ela entende tudo, pede qdo é interessante pra ela, mas qdo esta brincando n ker parar pra ir. A noite continuou sequinha apos 4 horas. Obrigada pelos conselhos.

  49. Nossa vc foi um anjo na minha vida. No primeiro dia fiz o mesmo que vc fez com seu menino e foi um desastre total meu Davi so sabia gritar quando sentava no vaso. Daí pesquisei no Google e encontrei suas dicas. No dia seguinte segui passo a passo e adivinha??? Deu super certo ele ja fez ate coco no troninho. Mamãe super feliz!!! Meu menino tem 2anos6m. Obrigada pelas dicas pra mim foram muito valiosas.💝

  50. Muito obrigada!!! Deu tudo certo aqui em casa!!!

  51. Oi Lu! Estou aqui pesquisando mais sobre o desfralde e com o coração apertado sem nenhum sucesso por enqto… Alícia tem 2a6m e o desfralde começou pela creche a 5 meses atrás. Confesso que fiquei completamente perdida pois ainda não tinha me interado completamente sobre o assunto, achava ela muito nova para isso mas fui dando seguimento em casa (de forma errada, sempre perguntando “Quer fazer?”). Aconteceu que meu pai ficou doente em Novembro e eu não conseguia mais me dedicar 100% nesse processo e foi aí que resolvi dar um tempo no desfralde. Hoje 2 meses depois dedici que era A HORA para retomar. Mas até agora, 18hrs foram 7 xixis pela casa, muito choro quando senta no “Feliz” – o nome do peniquinho dela kkkkkkk (ele toca aquela musiquinha: “Para ser feliz é preciso ter…” kkkkk). Com FÈ em Deus e nesse método de desfralde que vc citou vou dar início nele amanhã!

  52. Oi Luciana, me chamo Fabiula e gostaria de ter visto sua dica do desfraldar antes!
    Vou resumir e pedir sua ajuda. Minha filha tem 2 anos e 4 meses.
    Primeiro comprei o redutor do vaso, foram 3 dias tentando e ela chorava e grudava no meu pescoço que não queria usar.
    Dei uma pausa de uns dias. Aí compramos um troninho ela amou os primeiros dias, até acerta praticamente todos os xixis, dá manhã e dá noite. De tarde por causa dos desenhos na tv ela não quer passar perto do banheiro.
    Quero tentar o que você fez, será que ainda consigo?
    O grande problema aqui em casa:
    Agora se eu colocar a fralda nela, ela não quer fazer xixi na fralda. Amanhecer seca, na soneca dá tarde tb. Só que ela durante o dia não quer saber do troninho.
    Será que consigo aplicar o que você fez com sua filha mesmo sem dar a pausa de 1 mês?
    Ou deveria por a fralda e dar a pausa de 1 mês e tentar essa técnica.
    Hoje passei o dia só falando pra ela que a hora que ela quiser fazer xixi é só falar pra mamãe e perguntando se a calcinha tá sequinha….
    Me ajuda por favor!!!!!!
    Bjs

    • Fabiula, eu não sou especialista em desfralde, mas acho que se ela ja dorme e acorda seca e ta se recusando fazer xixi na fralda, é hora de tentar o método sim. Mas pra isso, eu acho que vc teria que tentar eliminar a TV durante os dias dedicados ao desfralde. Não acho que daria certo. Vc teria que mudar bem a rotina de vcs e ficar o tempo todo por conta de distrair ela de outras formas, mas nada que absorva demais a atenção dela e faça com que ela não preste mais atenção aos sinais do corpo. Se vc tem como fazer isso, tira 3 a 4 dias só pra ela, prepara umas atividades pra fazerem juntas, brinquedinhos, fazer picolé juntas, brincar de massinha, sei lá. E gruda nela e tenta fazer o processo divertido.

      Agora uma pergunta. Se ela não ta mais aceitando a fralda e ta recusando o vaso e penico, ela tem feito xixi no chão ou onde está sentada? Como tem sido isso? E o cocô?

      Beijos!

      • oi Luciana obrigada por me responder.
        O cocô ela tem feito na calcinha, percebi que ela se afasta, fica concentrada e faz. Aí quando eu percebo eu chamo pra ir no banheiro mas ainda não deu tempo, aí jogamos no vaso e damos tchau, aí falo pra ela na próxima você faz no vaso não deu tempo né.
        Agora o.xixi ela faz no chão, onde estiver sentada ou de pé.
        Tentei levar ela fazendo o xixi e falando que ela precisa avisar a mamãe se quiser fazer mas ela não quis nem saber de sentar no vaso, chorava q não queria.
        Percebi que quando ela quer fica segurando na calcinha, mesmo.nessas horas ela não quer ir no banheiro.
        Aí dei uma pausa de mais uns 4 dias. Coloquei a fralda, até falei que se ela quisesse poderíamos ir no banheiro, algumas vezes elas quis.ir outras não, mas não briguei com ela.
        Agora eu falo pra ela onde é o lugar erro pró xixi ela.responde no banheiro, mas é um caos pra conseguir que ela vá.
        Ou seja tô me sentindo perdida, ela sabe que o.xixi e o cocô são no banheiro, algumas vezes pediu pra ir outras não. Se chamo ela não quer ir. Comprei o.livro o.que tem.dentro dá sua fralda, em três dias já li umas 40 vezes kkk
        Vou seguir seu conselho, vou desligar a TV, grudar nela por 4 dias, arrumar umas atividades que ela perceba o.corpo dela.
        Sabe oq me assusta? Quando eu não fico encima ela ja ficou quase 3 horas sem.xixi, aí fico.com medo de ter uma infeção urinária. É normal?

        • Acho que está confuso para ela, uma hora eu insisto pra ela ir, depois falo que se ela quiser nós vms no banheiro.
          Ela não está ficando atenta ao sinais do corpo dela.
          Acho que misturei o que fazia errado antes e o método que vc fez, as vezes falo assim filha onde é o lugar certo, ela fala fazer xixi no banheiro.
          Passa um pouco eu vou ver tá aquela poça de xixi 😔
          Realmente tô perdida…
          Cheguei a falar que a fralda de dia acabou e não compramos mais..
          Coloquei a família Pig colado na parede do banheiro…
          Acho que voltar a fralda agora seria muito mais difícil e aí ela ficaria muito mais confusa.
          Mas uma hora eu sei que vai dar certo!
          Desculpa o desabafo!!
          Beijo…

          • Primeiro, um abraço. Cada criança é diferente, né? Mas segue com calma que vai dar certo! Tenta fazer com atenção exclusiva, porque se não for assim, as chances de dar certo diminuem mesmo… ainda mais ela já não gostando do vaso. E não acho anormal ela conseguir ficar 3 horas sem fazer xixi não! Acho que é um tempo razoável e mostra que ela sabe segurar bem. Minha caçula segura bastante também e nunca teve nenhuma infecção.
            Beijos e boa sorte!

  53. Olá Luciana!! Comecei o desfralde dá.minha filha semana passada já que ela completou 2 aninhos… Ela é esperta e já demonstrava sinais de que eu poderia começar. Na terça e quarta houveram varias escapadas… Quinta já foi bem mais tranquilo e sexta tivemos que sair e não tive coragem de tirar a fralda o dia todo. E a noite tb não tirei… No sábado ela ficou o dia todo sem fraldas e de domingo para cá, ela tomou aversão ao penico, chora e não quer ir de jeito nenhum…
    Segunda estávamos só nós duas em casa e comecei tudo de novo, deixei ela de calcinha e oferecia para que ela fosse ao penico é só 2 duas vezes tive sucesso. Na escolinha ela teve uns 3 escapes mas foi ao banheiro.
    Já na terça, continuou a resistência e eu com medo de traumatiza-la, perguntei se queria ficar de fraldas ou calcinha e ela quis fraldas, daí por diante mantive a fralda.
    Encontrei sou site hj e achei fantásticas suas dicas e experiências. Resolvi dar um tempo e retomar o processo mais para frente.
    A professora dela até sugeriu de levarmos o penico para a visitar a escolhinha, mas não sei se seria bom por agora…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s