O lado cômico da maternidade


22 Comentários

Blogando do céu

Empacotei não, viu gente?

Mas tinha que vir aqui contar que neste exato momento, estou eu, a mais de 10.000 m de altitude, SOZINHA com duas crianças e ainda escrevendo este mesmo post que você lê agora.

Como é possivel algo tão sem precedentes? Quantas vezes eu já viajei com o Nic MAIS marido e mal tinha chance de ir sequer ao banheiro? Terei eu batido a cabeça, desmaiado e agora estou sonhando que blogo enquanto meus filhos tocam o terror dentro do avião? Terá a mãe natureza me ouvido e finalmente me presenteado com braços extras, os quais utilizo mesmo sem perceber? Estarei eu completamente insana e delirante?

Não, amigas. Vocês ja devem ter ouvido falar de milagres, não? Pois é justamente um que vivencio neste momento, posto que Liloca dorme há mais de 1 hora e meia (mesmo comigo sentada, sem balançar pralápracá, nem nada) e Nic (que voltou a ser menino desfraldado, contei não?) brinca qui-e-ti-nho com seu único carrinho novo. Sim, tudo na santa paz, sem escândalo dela pra dormir, sem birra dele porque só viaja se for no lugar do piloto ou qualquer outra esquisitice. Sem nada. E ainda num avião pequeno, lotado, quente, cheio de atendentes enlouquecidas com o cabelo da Lily e SEM uma única televisão. Te disse: mi-la-gre.

Assim, eu, sem ter mais o que fazer, já que quando viajo com criança não carrego livro, nem revista, muito menos palavras cruzadas, resolvi escrever post. Quem não haveria de?

20120721-204437.jpg
melhor foto que consegui tirar de dentro do avião com a tablet

***

Pois bem, contei pra vocês que minha irmã está passando 3 meses com a gente, né? Tinha me esquecido como é gostoso ter irmã da gente pra papear o dia todo. Isso sem nem contar a ajuda dela com a casa e as criançatudo, obvio! Mas tô falando de conversa mesmo, botar tudo em dia, falar dos planos e inventar assunto. A gente ri tanto juntas, que às vezes até esquecemos do motivo.

– Do que mesmo que a gente tá rindo?
– Sei não, só sei que era engraçado pra caramba – e continuamos a rir, as duas bobas.

Também somos daquelas com a irritante mania de começar um assunto já no meio dele, sabe comé?

– Tô achando que o turquesa vai ser melhor – diz uma das duas do nada. E a outra sempre vai ter o poder de advinhar do que se trata. Anomalia cognitiva fraterna, só pode.

***

Mas daí que a Patti já tá aqui há mais de dois meses. Saiu do Brasil quando se formou na faculdade e terminou com o namorado. Então, eu brinco com ela que ela vai acabar conhecendo um gringo bonito e boa gente e nem vai embora. E ainda digo que ela podia aproveitar essa profusão de ursos por aqui e ir a um parque ali do lado, altamente freqüentado por escaladores sarados do mundo todo, pra panfletar sobre os cuidados que se deve ter em terra de urso. Panfleto vai, conversa vem, vai que, né?

A gente já deu boas risadas sobre isso, mas ainda nada de panfletagem. Também, né gente, vocês me explicam, como é que se panfleta quando se tem sempre um bebê anexado à pessoa? Culpa minha não, juro! Culpa dessa fofura chamada Liloca que nao deixa a tia resistir de SEMPRE querer sair pra passear com ela e ainda por cima no sling, ali bem agarradinha.

***

Acontece, que surgiu do marido ir conferenciar em terras americanas e eu, como há muito não viajava, animei de ir pra passar metade do tempo lá com ele. Mas ao invēs da Patti tirar o visto pra nos acompanhar, vimos aí a grande oportunidade dela curtir um pouco uma vida livre de rotina e crianças, né? Foi assim que nos separamos por alguns dias pra vivermos aventuras diferentes. Eu, indo pra uma cidadezinha nas Montanhas Rochosas com essas duas criaturas pequenas e surpreendentes, e ela, num Hostel maneiro em Vancouver livre pra tomar uns goró um café sossegada, praticar o inglês, começar um blog e até mesmo fazer uma panfletagem se quiser. 🙂

***

Quanto ao voo, no final das contas, Nic caiu no sono também e Lily continuou dormindo até o avião pousar. Quando eu imaginei que um dia blogaria do céu com duas criancas pequenas e sem estar usando a internet divina, minha gente? 🙂

***

E pra não perder a oportunidade, aí vão algumas fotinhas…

20120721-204524.jpg
Liloca curtindo um quarto de hotel

20120721-205326.jpg

sijogando num biscoitinho de cereal de arroz

20120721-204547.jpg
e Nic, dizendo ser ele um carro com um farol de gravetos. Não esquece o mundo motorizado nem quando fazemos caminhada entre as árvores e ao longo de rio. Vai gostar, viu?

Anúncios