O lado cômico da maternidade


96 Comentários

Lily nasceu, entre risos e lágrimas de emoção!

Nasceu de um parto normal surpreendente, lindo, emocionante e cheio de alegria, onde mamãe chegou até mesmo a gargalhar (!) na hora que a cabecinha da Lily coroou… Não por ela ser maluca (bom, talvez um pouco), nem por ter respirado gás hilariante (se bem que lhe ofereceram), mas porque após algumas horas tentando encarar seus medos e traumas nascidos lá no parto do Nic, e lidar de alguma forma com aquelas dores mutantes – sem conseguir -, ela decidiu curtir mais o momento e pedir uma analsegia.

A dose certa garantiu a festa e relaxamento total da mamãe, que conseguiu acompanhar e sentir cada momento… A bolsa que só estourou poucos minutos antes da Lily nascer, o cabelinho preto dela mostrando que ali vinha uma menininha super cabeludinha, a cabecinha saindo com uma mãozinha na bochecha, o primeiro chorinho antes mesmo dos ombros saírem, sua vinda pro colo, a busca pelo peito e sua primeira mamada, papai cortando o cordão…

E depois dessa sequencia maravilhosa e perfeita, mamãe chorou um choro incontido de felicidade… Ela jamais esquecerá aquele sentimento.

Lily saindo, mamãe rindo. A doula ajudando.

Lágrimas de extase.

A primeira mamada.

Mais uma mamada.

Mamãe, papai e Lily.

A vista da janela do quarto do hospital… apesar que mamãe pouco olhou pra ela. Tinha coisa ainda mais linda pra admirar, bem ali nos seus braços.

* * *

Enfim, Lily nasceu às 14:09h do dia 03 de Fevereiro, pesando 3.41kg, medindo 53cm, saudável, rosada, cheirosa e chorando muito. Ano do Dragão, dia ensolarado e quente em pleno inverno. É a nossa florzinha trazendo mais vida pra gente, em todos os sentidos.

* * *

Já Nicolas não viu a irmãzinha nascer, mas na sua visita poucas horas depois já foi logo perguntando: 1) a “Lilys” já saiu da sua barriga, mamãe? 2) posso dar beijinho nela? 3) ela sabe comer? 4) ela sabe falar? 5) ela sabe ler? será que ela vai ler um livrinho pra mim de noite?

Mal ouviu as respostas e já foi correndo brincar com uma bandeja do hospital dizendo que era um caminhão.

* * *

E eu, vim dar essa notícia maravilhosa assim que cheguei em casa. Agora vocês me dão licença, pois vou lá cheirar minha florzinha bezerrinha e abraçar muito meu menininho. Uma hora eu volto com o relato completo desse parto redentor e a foto do Nic com a irmãzinha.

________________

Para ler o relato completo: Parte 1 e Parte 2

Anúncios


2 Comentários

Relatos de gravidez e parto

Há muito tempo que eu estava querendo publicar os relatos de gravidez e parto do Nicolas aqui no blog, mas estava sem saber como. É que eu os escrevi pouco depois do nascimento do Nicolas, quando as sensações ainda estavam bem vivas na minha cabeça. Daí ficaram enoooormes, e cheios de detalhes. Pra publicá-los eu gastaria muitos e muitos posts e eu não queria fazer isso, pois entendo que nem todo mundo tem interesse em ler relatos de parto. Mas por outro lado, experiências como estas que nos fazem crescer e mudar tão radicalmente o nosso foco na vida, não deveriam nunca ficar guardadas; afinal tem sempre alguém que pode se beneficiar com a leitura, né?

Assim, que encontrei a solução: criei páginas separadas pros relatos, que vão estar sempre ali à mão. Veja as tabs no cabeçalho do blog. Ou se preferir, clique aqui pra ler o relato da gravidez, ou aqui pra ler o do parto. E como são muito longos, coloquei algumas palavras-chave no início, assim você sabe se o relato vai te interessar ou não.

E pelamordedeus… se alguém, por acaso, algum dia chegar até o final, deixe seu comentário, viu? Obrigada!